20 de abril de 2021 Atualizado 22:09

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Estúdio 52

‘Demon Slayer: Mugen Train’ chega ao Brasil em abril

Com data não oficialmente confirmada, a previsão é de que o longa chegue à América Latina em 22 do mês que vem

Por Maíra Torres

18 mar 2021 às 19:41 • Última atualização 18 mar 2021 às 19:47

Para alegria dos fãs brasileiros, uma postagem no Twitter da Konnichiwa!, distribuidora de animes na América Latina, confirmou que “Demon Slayer: Mugen Train” chega ao México e na América Latina em 22 de abril. 

Um fã brasileiro respondeu ao post questionando sobre o Brasil. A empresa respondeu que o país receberá, sim, o primeiro filme do anime  Demon Slayer. Não foi possível bater o martelo na data, mas a distribuidora também informou que está fazendo o possível para realizar uma estreia simultânea.

O dia 23 de abril, aliás, foi a data definida para que “Demon Slayer: Mugen Train” chegue aos cinemas norte-americanos. Antes, a previsão era de que isso acontecesse em 26 de fevereiro. Entre as confirmações feitas pela @DemonSlayerUSA está a de que a classificação indicativa será “R” (+18).

A avaliação foi feita pela MPA (Motion Picture Association) com base em cenas de “violência e imagens sangrentas”. Nada diferente do que já é visto no anime (rs).

“Demon Slayer: Mugen Train” é a continuação direta da primeira temporada do anime “Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba”, que está disponível pelo Crunchyroll e deve chegar à Netflix e 1ª abril, verdade.

O filme estreou no Japão em outubro de 2020 e desde então vem batendo recordes e tendo seu sucesso confirmado em termos de crítica, público e bilheteria.

Frustrando algumas expectativas, no entanto, “Demon Slayer: Mugen Train” não fez parte das indicações ao Oscar deste ano, no que diz respeito à animações. Dessa maneira, “A Viagem de Chihiro” vai, pelo menos por enquanto, continuar sendo a única animação japonesa a participar e a ganhar o Oscar.

A incoerência em “Demon Slayer: Mugen Train” não ser indicado à famosa estatueta dourada, está no fato de que o longa ultrapassou “A Viagem de Chihiro” em termos de arrecadação no Japão, e também foi o filme do país mais visto ao redor do mundo, com estreia restrita a alguns países asiáticos.

Feita a reclamação, o que nos resta é esperar para ver como será feita a distribuição do filme, ainda mais em época de pandemia.

Maíra Torres

Repórter do Liberal, produtora do Gold Morning e apresentadora do Resumo Gold na FM Gold. Entusiasta de animações desde que aprendeu a abrir os olhos e otaku recém-nascida. A doida que assiste três filmes seguidos no cinema.

Estúdio 52

Quer saber sobre aquela série que está bombando na internet? Sim, temos. Ou aquele jogo que a loja do seu console vai disponibilizar de graça? Ok. Curte o trivial e precisa dos lançamentos do cinema? Sem problema, é só chegar.