07 de agosto de 2020 Atualizado 09:07

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Artigos de leitores

Enquanto isso, a vida segue

Por Katya Forti

07 Maio 2020 às 09:02

O mês de março foi embora, o de abril já terminou e estamos passando a primeira semana de maio. Diante de tantas notícias, restrições, impasses e divergências políticas, a vida segue. Cada um a seu modo tentando adaptar-se ao recomendado.

Por ser algo novo para a nossa realidade, leva um certo tempo para nos acostumarmos com a rotina. Até mesmo com as máscaras. De estilos e texturas variadas. Contudo, esta adesão está aumentando progressivamente.

A resistência inicial cedeu espaço à conscientização, tornando-se pois, acessório indispensável, em se tratando de ir e vir.

Acredito que este hábito irá perdurar em nosso meio.

Inevitável o impacto que esta pandemia já está causando em diversos aspectos da vida do ser humano. Absolutamente necessário manter a saúde mental em equilíbrio.

Para não surtar, o contato com a arte, parece ser a saída. Seja leitura, pintura, dramaturgia, e sobretudo a música.

Dentre tantas canções, acredito que uma delas expressa muito bem o momento que estamos vivendo.

Em 1976, Benito di Paula escreveu: “Do jeito que a vida quer”.  Peço licença aos leitores para compartilhar preciosa reflexão.

“Ninguém sabe a mágoa que trago no peito. Quem me vê sorrir desse jeito, nem sequer sabe a minha solidão.  É que meu samba me ajuda na vida. Minha dor vai passando esquecida, vou vivendo essa vida do jeito que ela me levar.  Vamos falar de mulher, da morena e do dinheiro. Do batuque do surdo e até do pandeiro, mas não fale da vida, que você não sabe o que eu já passei. Moço, aumente esse samba que o verso não para. Batuque mais forte e a tristeza se cala. E eu levo essa vida do jeito que ela me levar. É do jeito que a vida quer. É desse jeito, é do jeito que a vida quer. É desse jeito”.

Katya Forti é pedagoga e autora

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos, com 1.800 caracteres (já contando os espaços), para o e-mail opiniao@liberal.com.br.