05 de maio de 2021 Atualizado 21:37

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Editorial

Economia em pauta

Por Redação

02 Maio 2021 às 08:08

Dois anúncios que foram destaques do noticiário desta última semana levaram a comparações entre moradores das vizinhas Americana e Santa Bárbara. Como pano de fundo para discussões, cobranças e até mesmo piadas estava a capacidade de os municípios se tornarem atrativos o suficiente para empresas e novos empregos.

Na sede do governo barbarense, o prefeito Rafael Piovezan (PV) anunciou na última terça-feira a vinda de mais um atacadista para a cidade. Trata-se do Assaí, que deverá investir R$ 60 milhões para ser a terceira loja do ramo na Rua da Agricultura. Entre a construção e o funcionamento efetivo da loja, previsto para outubro, a expectativa é de que 850 empregos diretos e indiretos sejam gerados. Uma boa notícia em qualquer hora, mas ainda mais em meio ao que se assiste na pandemia.

Já em Americana, a prefeitura convidou jornalistas para uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira em que a pauta principal também envolveu as novidades na economia do município. Mas, diferente do anúncio barbarense, do prefeito Chico Sardelli (PV) veio, por ora, um plano.

A proposta de retomada da força econômica do município elenca 25 ideias, vindas de um comitê do governo que ouviu os apelos locais. Dentre as iniciativas, há pouco ainda que possa representar um projeto capaz de provocar grandes mudanças nos negócios da cidade – algumas, inclusive, se encontram impedidas pela pandemia por ora, como a realização de eventos.

Mas não se deve desprezar o esforço. Se de início ainda não se trata de um grande plano, a execução de boa parte das iniciativas pode ser um start para a recuperação de um ambiente mais saudável para a economia local, capaz, quem sabe, de produzir mais notícias como a do investimento em Santa Bárbara.

A mudança, porém, não se faz sozinha. É preciso que as ideias não morram no papel.

O Liberal

Neste blog você encontra a opinião do Grupo Liberal de Comunicação, por meio dos textos editoriais publicados na edição impressa.