22 de outubro de 2020 Atualizado 17:51

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Editorial

Disputa barbarense

Por Redação

19 set 2020 às 10:39

Em outubro de 2012, pesquisas eleitorais em Santa Bárbara d’Oeste colocavam o então candidato e ex-prefeito Zé Maria como favorito para assumir o governo municipal. O tucano tinha o primeiro lugar das intenções de voto disparado. Na hora da votação, no entanto, as urnas deram vitória a um pouco conhecido concorrente, o publicitário Denis Andia (PV).

Oito anos e dois mandatos depois, o atual prefeito de Santa Bárbara, Denis Andia (PV), escalou seu vice da reeleição, Rafael Piovezan (PV), como o nome a sucedê-lo no governo. De perfil discreto e de pouca mídia, Piovezan terá como campanha justamente os bons frutos da gestão de Denis, além do trabalho à frente do DAE (Departamento de Água e Esgoto).

O nome do governo, portanto, é o candidato a ser batido em uma eleição com mais três concorrentes. O vereador Dr. José (PSD) pode ser a principal força para tentar promover uma mudança de gestão. Crítico da administração atual na câmara, o médico da rede municipal se aliou ao ex-vereador Romaninho (Republicanos) para fazer frente à continuidade.

Concorre ainda o ex-presidente da Câmara, Fabiano Pinguim (Podemos), com um policial militar como vice – cabo Claudemir Dorigon (DEM), em uma coligação que reúne nomes do Avante e PRTB.

O jovem Marcos Fontes, do PSL, é o quarto postulante à vaga de prefeito em Santa Bárbara. Ele, que estreia em eleições municipais, quer aproveitar o resultado de 2018, quando foi o candidato a deputado estadual mais votado na cidade, surfando na onda bolsonarista que elegeu aliados do presidente.

Nas urnas, Santa Bárbara terá possibilidades inéditas para escolher ao cargo de prefeito, mas ainda com a possibilidade de se manter a linha de governo dos últimos oito anos. Ao que tudo indica, será preciso muita sola de sapato para repetir um resultado inesperado, como o de 2012.

O Liberal

Neste blog você encontra a opinião do Grupo Liberal de Comunicação, por meio dos textos editoriais publicados na edição impressa.