29 de novembro de 2020 Atualizado 22:36

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Painel Político

Câmara virou ‘escritório de luxo’ da prefeitura, diz Gualter

Por André Rossi

13 nov 2020 às 09:06

O vereador Gualter Amado (Republicanos) disse nesta quinta que a Câmara de Americana se tornou um “escritório de luxo” da prefeitura. O comentário aconteceu durante debate do veto apresentado pelo Executivo ao projeto do vereador Padre Sérgio (PT) que obriga a higienização dos ônibus do transporte.

O texto havia sido aprovado pelos vereadores no dia 8 de outubro. Ontem, o veto foi acatado por 10 votos favoráveis, sete contrários e uma ausência.

“Isso é uma vergonha, padre. Nós nos tornamos um escritório de luxo do Executivo. Tudo que vem do Executivo para essa Casa, infelizmente, é acatado, independentemente de decisões contrárias”.

Durante a fala de Gualter, o líder de governo, Alfredo Ondas (MDB), pediu uma parte e respondeu o colega.

“O senhor vive falando de vergonha. E de tanta vergonha que o senhor tem de tudo, você está tentando voltar para essa Casa. Para com essas coisas de vergonha. Ninguém é escritório de luxo nenhum”, disse Ondas.

O emedebista reforçou que a Comissão de Justiça e Redação, da qual é presidente, havia emitido parecer pela inconstitucionalidade do projeto. Ao final, Ondas acabou pedindo desculpas para Gualter, o qual classifica como um dos poucos amigos que fez na política.

“Desculpa, Gualter. Odeio falar assim com você porque você é meu irmão”, afirmou Ondas.

Redação

Seção abastecida pelos jornalistas do LIBERAL com informações e bastidores da política de Americana, Santa Bárbara e região.