17 de setembro de 2021 Atualizado 17:05

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

Avenida Brasil e seus encantos

Por Celso Gagliardo

01 ago 2021 às 09:23

Comum é citar a Avenida Brasil como um dos mais belos recantos da cidade de Americana. Esse conjunto de quatro pistas em linha quase reta é o retrato maior e sinalizador da cidade progressista, que no “boom” dos negócios da fiação, tecelagem e confecção conseguiu elevação sensível de seu PIB (Produto Interno Bruto), tornando-se uma das mais cobiçadas urbes da região.

Estratégica na ligação do Centro com a região oeste da cidade, a Avenida Brasil acabou se transformando num importante polo comercial e de serviços, além de ser o corredor de saúde do município, com três hospitais e várias clínicas e laboratórios nela instalados e diversos condomínios verticais residenciais e comerciais.

Passar aos fins de tarde de sol pela avenida é um colírio para os olhos. O burburinho dos estabelecimentos preparando-se para encerrar (ou abrir) mais uma jornada, a vida pulsa para cidadãos iniciando suas caminhadas e corridinhas, num desfile de bonitas mulheres de todas as idades, e de homens igualmente atraentes em busca de movimentação física.

Alguns, solitários caminhantes absortos em seus fones de ouvido, outros com amigos ou grupos que vão se exercitar sob orientação de educador físico. Enfim, a Avenida Brasil se transforma para abrigar esses americanenses que querem respirar bem-estar, acolhendo-os em mais uma de suas múltiplas utilidades, quase lembrando o “footing” de tempos idos, quando os moços e moças iam às praças para a paquera organizada, mulheres circulando de um lado, homens de outro.

Oxalá os gestores públicos continuem cuidando das palmeiras, do córrego, permeado às vezes por pássaros e aves como tucanos que se aninham na região dos Parques Zoológico e Ecológico. Expressão de beleza urbana singular e orgulho do povo.

Celso Gagliardo
Profissional de Recursos Humanos

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos para o e-mail opiniao@liberal.com.br.