13 de julho de 2024 Atualizado 00:27

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

Assembleia dos talheres

Parábola da “Assembleia dos Talheres” reflete a triste realidade de uma sociedade desigual

Por Gregório José

08 de dezembro de 2023, às 09h35 • Última atualização em 08 de dezembro de 2023, às 09h36

Num buffet luxuoso, as louças e talheres se reuniam em um silencioso parlamento, onde a porcelana fina e os garfos de prata discutiam os destinos das iguarias servidas. Cada prato, uma cadeira no congresso das delícias, e cada talher, um representante das facções gastronômicas.

Ali, talheres de elite e as finas porcelanas conspiravam em um parlamento silencioso, representando a distorção de poder na sociedade gastronômica. Os garfos de prata, arrogantes e afiados, protagonizavam acordos que aprofundavam a desigualdade no cardápio, enquanto os pratos de porcelana, símbolos de uma classe alta gastronômica, se aliavam em busca de uma distribuição mais justa de sabores.

No salão, aqueles representantes de diferentes grupos políticos se reuniam enquanto talheres de plástico, pratos de isopor e guardanapos simples de papel relegados a um canto, eram os marginalizados da sociedade de banquetes. Eles só são utilizados e valorizados em períodos pré-eleitorais.

As discussões ferviam entre os talheres de prata, que buscavam privilégios cada vez maiores, e as louças, que clamavam por uma distribuição mais justa dos sabores. Os guardanapos de linho fino, sempre imparciais, tentavam mediar os conflitos.

Enquanto isso, nos bastidores do parlamento culinário, a comida destinada aos menos afortunados minguava. Eram pratos cada vez mais vazios e as necessidades ignoradas.

A parábola da “Assembleia dos Talheres” reflete a triste realidade de uma sociedade desigual. O contraste é evidente. Enquanto os representantes das classes gastronômicas discutem e se banqueteam com privilégios, a maioria faminta é deixada às margens. É uma crítica contundente à falta de transparência e participação das massas na elaboração das políticas que impactam diretamente suas vidas.

Gregório José
Jornalista, radialista e filósofo

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos para o e-mail opiniao@liberal.com.br.