15 de abril de 2021 Atualizado 14:02

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Artigos de leitores

2021, o ano da esperança

Por Aline Gagliardo Mestriner

10 jan 2021 às 08:41

Em tempos de férias em casa, ouvindo no noticiário algo que não seja sobre a Covid-19, descubro que o mês de dezembro do ano passado foi o mais chuvoso dos últimos cinco anos na nossa região.

Refletindo sobre o final de um ano tão complexo, penso que a chuva são as lágrimas de todos os que perderam seus entes queridos, sejam vítimas da Covid-19 ou até mesmo de outras enfermidades, diante de tantas mortes ocorridas ao longo do ano.

Ao mesmo tempo, a chuva vem para lavar tudo o que pretendemos deixar escorrer de nosso ser, para assim nos purificar. Após a chuva, suspiramos mais leves, com o frescor revigorante do ar úmido em nosso dia a dia.

Podemos olhar o ano que passou com o pesar da morte, da chuva de lágrimas, ou da alma que respira e cada vez se renova.

Muitos se reinventaram diante da crise que enfrentamos, decidiram ter filhos mesmo com as adversidades, continuaram a trabalhar em situações de alto risco de contaminação, e tiveram a coragem que tantas vezes nos falta para coisas mais simples em nossas vidas.

Que as águas deste ano que se inicia levem todas as lágrimas do ano que passou, e que possamos nos recordar que tudo passa. E no mesmo lugar em que morreram tantas pessoas, outras tantas nasceram, desabrochando o futuro.

As manhãs de Verão têm vindo ensolaradas, com a promessa otimista de um dia cheio de sol, e, ainda que haja nuvens e até mesmo tempestades, no dia seguinte o sol volta a brilhar.

Parabéns a todos nós, que estamos aqui, lutando por dias melhores. Que o ano de 2021 seja vívido, de vitória, saúde e esperança.

Aline Gagliardo Mestriner é advogada

Colaboração

Artigos de opinião enviados pelos leitores do LIBERAL. Para colaborar, envie os textos, com 1.800 caracteres (já contando os espaços), para o e-mail opiniao@liberal.com.br.