Prêmio pelos Direitos Humanos

Paulo Cezar Zanini Gonçalves foi o escolhido pela 48ª Subseção da OAB de Americana, para receber o prêmio Dr. Archimedes Gomes da Nóbrega


Paulo Cezar Zanini Gonçalves nasceu em 4 de outubro de 1958, em Marília. Em 1980, ele se formou em odontologia e na mesma época se mudou para Americana, onde construiu sua vida, criou as três filhas e viu o neto nascer. Sempre voltado às causas sociais, em 1987, começou a participar ativamente das iniciativas que resultaram na criação da Creche São Domingos, uma entidade reconhecida pelo belo trabalho que faz com as crianças.

Sempre atuante e criando eventos que pudessem arrecadar verba para a manutenção da creche, em 2011, quando aconteceu a transferência do padre Itamar Gonçalves, para Nova Odessa, o pároco não teve dúvida sobre quem ele deixaria em seu lugar, para ocupar o cargo de presidente da entidade.

Quando Paulo assumiu a direção, a creche atendia 60 crianças e, esse ano, após a ampliação do espaço, o atendimento em período integral será para 330 crianças.

Por tudo isto e muito mais, ele, que também ajudou a fundar a Apae da cidade de Júlio de Mesquita, onde foi presidente, o Tênis Clube da mesma cidade, é maçom e tem como característica o prazer em servir, foi o escolhido pela 48ª Subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Americana, para receber o prêmio Dr. Archimedes Gomes da Nóbrega, entregue no final do ano passado.

Confira nas fotos como foi esse momento especial

Sobre o Prêmio

Em setembro de 1997, a 48ª Subsecção da OAB criou o Prêmio dos Direitos Humanos, dando-lhe o nome do advogado Dr. Archimedes Gomes da Nóbrega, que foi um incansável defensor dos Direitos Humanos. Desde então, a Comissão dos Direitos Humanos da subseção tem a missão de escolher todos os anos alguma personalidade para receber a honraria, ou seja, uma homenagem para quem merece. Muito bacana!

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora