31 de maio de 2020 Atualizado 21:09

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Rotativo

Zona Azul de Sumaré terá 2.890 vagas de estacionamento rotativo

Administração municipal abre na próxima semana processo licitatório para reimplantar sistema, que não funciona desde 2017

Por André Rossi

06 set 2019 às 08:14

A Prefeitura de Sumaré informou nesta quinta-feira que vai abrir na semana que vem o processo licitatório para reimplantar a Zona Azul na área central. O estacionamento rotativo terá um total de 2.890 vagas, que serão instaladas em três etapas. A primeira fase prevê a implantação de 770 vagas.

A cidade está sem Zona Azul desde julho de 2017, quando o Governo Luiz Dalben (PPS) lacrou os parquímetros “de surpresa” após o vencimento do contrato com a Rizzo Mobiliário Urbano Ltda. Na época, o Executivo justificou que o fim da relação com a empresa aconteceu após o rompimento de cláusulas, como a entrega de duas motos para o serviço público.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Rua Dom Barreto, na região central de Sumaré: Zona Azul volta ao município em três etapas

Em reunião com a Acias (Associação Comercial e Industrial de Sumaré) na quarta-feira, o prefeito informou que o edital e o termo de referência já foram concluídos. A licitação será aberta na semana que vem, mas o dia exato não foi informado.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, o novo projeto prevê expansão da Zona Azul e implantação em três etapas. A primeira, com 770 vagas, priorizará as principais vias de maior concentração do comércio. Posteriormente a segunda e terceira fase trarão 559 vagas e 1.561 vagas, respectivamente.

“Vai ser aberto o processo licitatório semana que vem. Só a partir de conhecermos a empresa vencedora da licitação que poderemos afirmar o lançamento da primeira fase”, informou a prefeitura, que também não especificou um cronograma para as fases subsequentes.

Em entrevista ao programa Liberal No Ar, transmitido pelas emissoras de rádio VOCÊ (AM 580) e FM Gold (94,7 FM), em julho deste ano, o presidente da Acias, Juarez Pereira da Silva, disse que uma das reivindicações futuras sobre o tema seria a possibilidade de implantação da Zona Azul em outras regiões comerciais da cidade, como Nova Veneza. Entretanto, a medida não é cogitada no momento pela prefeitura.

“A solicitação da Acias é para a região central. Não há nada definido para outras regiões”, disse a prefeitura.

Ruas que terão cobertura da Zona Azul na primeira etapa:

  • Avenida 7 de Setembro entre as Ruas Júlia de Vasconcelos Bufarah e Avenida Rebouças
  • Ruas Antonio Jorge Chebab, Antonio Vale Mello, Dom Barreto e José Maria Miranda entre a Praça da República e Justino França
  • Ruas Pedro Consulente e Luiz Duarte entre Angelo Ongaro e Praça da República
  • Ruas Arlete Maria de Marchi entre Praça Manoel de Vasconcelos e Rua Ângelo Ongaro
  • Rua Justino França entre Ângelo Ongaro e José Maria Miranda
  • Rua Angelo Ongaro entre Avenida Rebouças e José Maria Miranda
  • Rua Bandeirantes entre a Justino França e Avenida 7 de Setembro
  • Praça da República entre Avenida Júlia Vasconcelos Bufarah e Rua Dom Barreto
  • Praça Manoel de Vasconcellos entre a Rua Dom Barreto e Praça das Bandeiras
  • Rua Emílio Leão Brambila entre as Avenidas 7 de Setembro e Rebouças.