12 de julho de 2020 Atualizado 17:28

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Sumaré

Acordo prevê três novos viadutos sobre linha férrea

Construção das passagens está prevista em contrato assinado entre a ANTT e a Rumo Logística, segundo a prefeitura

Por Rodrigo Alonso

27 Maio 2020 às 18:38 • Última atualização 27 Maio 2020 às 20:56

Sumaré vai ganhar três novos viadutos rodoviários nos próximos cinco anos. Segundo a prefeitura, a construção das passagens está prevista em contrato assinado nesta quarta-feira (27) entre a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e a Rumo Logística, concessionária da ferrovia Malha Paulista.

Viadutos serão construídos em trechos da linha férrea após novo convênio – Foto: Arquivo / O Liberal

O acordo estabelece a renovação da concessão por mais 30 anos. De acordo com a administração municipal, os viadutos vão transpor a linha férrea em dois pontos da região central e outro na região do Picerno.

O Executivo aponta que as passagens vão melhorar a mobilidade urbana e garantir maior segurança para a população. A notícia foi comemorada pelo prefeito Luiz Dalben (PPS).

“É um sonho que começa a ser realizado e que representará um crescimento exponencial para Sumaré nos próximos anos. Junto a essas obras, há também a geração de empregos, a ampliação do transporte de cargas, que significa maior arrecadação aos municípios”, disse Dalben, via assessoria de imprensa.

Com a renovação, a Rumo ampliará em R$ 6 bilhões os investimentos em obras, trilhos, vagões e locomotivas nos próximos cinco anos. As melhorias vão aumentar a capacidade de transporte de cargas dos atuais 35 milhões para 75 milhões de toneladas. O contrato anterior venceria em 2028.

Podcast Além da Capa
Solidariedade e apoio aos necessitados marcam a luta contra o novo coronavírus (Covid-19) nas periferias da RPT (Região do Polo Têxtil). O LIBERAL visitou moradores do acampamento Roseli Nunes e da favela Zincão, em Americana, e da ocupação Vila Soma, em Sumaré, e observou como eles se unem para enfrentar as dificuldades provocadas pela pandemia. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira recebe o repórter André Rossi, que esteve nas comunidades, para repercutir essa apuração.