07 de março de 2021 Atualizado 18:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Imunização

Sumaré receberá 2.680 doses da Coronavac

Quantitativo será utilizado para imunizar os profissionais das unidades de saúde que atuam na linha de frente

Por André Rossi

20 jan 2021 às 17:53 • Última atualização 22 jan 2021 às 17:44

Correção: no dia 21 de janeiro, a Prefeitura de Sumaré corrigiu a informação de que o número de doses recebidas pelo município foi 2.680 e não 2.860, como divulgado. Esta reportagem foi corrigida no dia 22 de janeiro, às 17h44.

A Prefeitura de Sumaré informou nesta quarta-feira (20) que a cidade receberá 2.680 doses da Coronavac. O quantitativo será utilizado para imunizar os profissionais das unidades de saúde que atuam na linha de frente no combate ao novo coronavírus (Covid-19).

O município aguarda o recebimento das doses, que ainda não tem data certa para chegar. A previsão da Secretaria Estadual de Saúde é de que o primeiro lote será enviado para todas as cidades do Estado até sexta-feira (22).

Segundo o secretário de Saúde de Sumaré, Rafael Virginelli, os trabalhadores serão vacinados na própria unidade onde atuam. O cronograma está sendo definido pelas equipes, mas a expectativa é iniciar a imunização na segunda-feira (25), seguindo o que foi traçado originalmente pelo Estado.

“Dessa forma, ainda não será necessário ativar os endereços para vacinação que havíamos divulgado anteriormente”, explicou Virginelli, referindo-se aos seis pontos de vacinação que atenderiam os idosos do município.

A expectativa inicial era vacinar 30 mil sumareenses na primeira fase. Porém, o cronograma não será possível por conta da escassez de doses disponíveis neste primeiro momento.

Nas demais cidades da RPT (Região do Polo Têxtil), Americana receberá 3 mil doses, enquanto Hortolândia terá 2.840. Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste dizem que ainda não foram informadas sobre as unidades que serão enviadas neste primeiro lote.

Publicidade