Sumaré decreta estado de emergência por conta do coronavírus

Decreto estipula, entre outras coisas, que transporte coletivo mantenha número de linhas para evitar aglomeração de passageiros


O prefeito de Sumaré, Luiz Dalben (Cidadania), decretou nesta terça-feira estado de emergência na cidade para evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).

Um decreto foi publicado no Diário Oficial do município fazendo uma série de recomendações. Confira quais são:

  • A partir de agora os órgãos municipais estão autorizados a dispensar licitação para adquirir materiais ou serviços necessários para tratar e evitar a propagação do vírus;
  • A alimentação escolar deve ser servida em utensílios descartáveis, que poderão ser retirados pelo aluno ou responsável após cadastramento prévio na Secretaria de Educação;

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

  • As concessionários de serviços públicos da cidade não deverão interromper o fornecimento de água, gás, eletricidade e demais serviços essenciais à população;
  • O transporte público de Sumaré deverá disponibilizar uma quantidade suficiente de veículos para evitar a aglomeração de passageiros;
  • Não serão mais expedidos novos alvarás de autorização para eventos públicos e aqueles já concedidos serão revogados.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

A edição desta semana do podcast “Além da Capa” fala sobre a pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, e seus impactos nas cidades que fazem parte da RPT (Região do Polo Têxtil). Ouça:

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora