16 de setembro de 2021 Atualizado 15:18

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Sumaré aplicará vacina contra a Covid-19 em população de rua nesta sexta

A ação contará ainda com testagem de sífilis, entrega de cobertores, kits de higiene pessoal e alimentação

Por Natália Velosa

01 jul 2021 às 07:37

A Secretaria de Saúde de Sumaré aplicará vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) na população em situação de rua resistentes à transferência para os abrigos nesta sexta-feira (2). A vacina só será aplicada no morador que consentir.

A ação é em parceria com o Fundo Social de Solidariedade de Sumaré, que contará ainda com testagem de sífilis, entrega de cobertores, kits de higiene pessoal e alimentação.

Vacina só será aplicada no morador que consentir – Foto: Prefeitura de Sumaré / Divulgação

De acordo com o secretário de Saúde, Rafael Virginelli, os moradores em situação de rua estão expostos a fatores que o restante da população não está, e correm o risco ficarem doentes com mais facilidade e não terem atendimento adequado, por falta informação ou aceitação.

“A vacinação dessas pessoas é uma maneira de imunizá-las, minimizando o risco de contrair a doença ou então agravar alguma comorbidade existente”, explica o secretário.

A vacinação neste público é mais uma ação da prefeitura, por meio do SEAS (Serviço Especializado de Abordagem Social), para oferecer proteção aos moradores de rua que se recusam a ser encaminhados para o abrigo.

Campanha do Agasalho

Os agasalhos e cobertores arrecadados pela população na Campanha do Agasalho já estão sendo entregues para as pessoas em situação.

O trabalho é realizado através do Comitê Permanente de Gestão de Situação de Baixa Temperatura, formado pela Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Fundo Social de Solidariedade e Secretaria de Inclusão Social, GuadaMunicipal, Serviços Públicos, Saúde e  Mobilidade Urbana

A abordagem dessas pessoas é realizada por equipes formadas por psicólogos, assistentes sociais e educadores sociais. Por média, cerca de 100 pessoas são abordadas por mês.

Alojamento

Além da Casa de Acolhimento Resgatar, localizado na região central, a Prefeitura de Sumaré implantou o Alojamento Provisório no Jardim Alvorada.

No local, os usuários têm acesso ao abrigo, orientações quanto à higiene e autocuidado, refeições balanceadas e ainda podem cumprir o isolamento social caso a contaminação pelo coronavírus (Covid-19) já tenha ocorrido.

O ingresso nos alojamentos é realizado pelo SEAS, por meio de solicitação da Rede Socioassistencial ou de munícipes.

Mais informações podem ser obtidas pelo (19) 3803-4701 ou (19) 98723-0698, as segundas, quintas e sextas-feiras, das 8h às 17h. As terças e quintas-feiras, das 10 às 20 horas.

O contato também pode ser feito via Defesa Civil, por meio do 199, 24 horas por dia, todos os dias.

Publicidade