17 de janeiro de 2021 Atualizado 15:47

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Sumaré

Prefeito de Sumaré é abordado por homem armado em Itatiba

Luiz Dalben estava indo para um sítio encontrar a família e foi abordado em uma estrada de terra

Por Leonardo Oliveira

06 jan 2021 às 11:20 • Última atualização 06 jan 2021 às 12:36

O prefeito de Sumaré, Luiz Dalben (Cidadania), foi abordado por um homem armado na noite desta terça-feira (5) quando se dirigia até um sítio em Itatiba, a cerca de 60 km da cidade, para encontrar a família.

Ele estava em um veículo e foi abordado em uma estrada de terra. O prefeito conseguiu fugir da abordagem e não se feriu.

Luiz Dalben conseguiu fugir da abordagem de um homem armado, ocorrida na noite desta terça-feira em Itatiba – Foto: Facebook / Reprodução

As informações foram enviadas pela assessoria do prefeito ao LIBERAL, após questionamento da reportagem sobre o caso.

Segundo a assessoria, Dalben passou o dia todo na prefeitura para cumprir os compromissos do governo municipal e foi até Itatiba durante a noite.

Quando passava pela Estrada Irene Perobelli Fumachi, já em Itatiba, por volta de 22h, Dalben teria notado uma lanterna apontada para o veículo onde estava.

Um homem, então, teria saído de um veículo prata, armado, e tentado a abordagem. Dalben conseguiu “arrancar com o carro” e não sofreu maiores ameaças, informou a administração.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Graças a Deus está tudo bem. Foi um grande susto, mas, com a proteção de Deus, estou bem e com minha família. Agradeço a preocupação e o carinho de todos”, disse, em nota, o prefeito Luiz Dalben, que mantém sua agenda desta quarta-feira, dia 6 de janeiro, normalmente.

Os suspeitos de terem abordado o chefe do Executivo foram detidos pela Polícia Militar na mesma estrada onde o prefeito havia sido parado. Há a suspeita de que tenha se tratado de uma tentativa de assalto e que o mesmo grupo tentou abordar outras vítimas.

Nem os suspeitos, nem o carro onde estavam, entretanto, foram identificados pelo prefeito, segundo o boletim de ocorrência da Polícia Civil. O caso foi registrado como ameaça na Delegacia de Itatiba.

*Colaborou Paula Nacasaki

Publicidade