PM prende acusado de agredir ex-namorada

Vítima disse que foi ameaçada com faca e invadiu residência para se esconder no Jardim Maracanã, na madrugada deste domingo


Um homem de 23 anos foi preso na madrugada deste domingo (23), acusado de agredir a ex-namorada e ameaçá-la com uma faca, em Sumaré. A vítima, para se esconder do rapaz, invadiu uma residência localizada no Jardim Maracanã.

Segundo o boletim de ocorrência, a PM (Polícia Militar) averiguou a situação após ter recebido denúncia de que uma mulher pulou o muro de uma casa, na Rua José Gonçalves de Souza. Uma equipe se dirigiu até o local, onde encontrou a vítima, de 26 anos.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Caso foi registrado no Plantão Policial de Sumaré

Aos militares, ela disse que tinha sido agredida pelo ex-namorado dentro do carro dele. Ele também a ameaçou com uma faca e chegou a esganá-la, conforme o relato da mulher. A vítima afirmou que saiu do veículo, fugiu a pé e se refugiou no quintal da residência situada na Rua José Gonçalves de Souza.

Como ela tinha ferimentos nas mãos, os militares a levaram para o pronto-socorro do Parque das Nações. Depois, eles foram à casa da mulher, para pegar os documentos dela, e encontraram o acusado na garagem do imóvel.

Em contato com a PM, o homem, que trabalha como ajudante de motorista, negou a agressão. Disse apenas que havia se embriagado, usado drogas e que se desentendeu com a ex-namorada. A faca que ele teria utilizado não foi encontrada pelos policiais.

No entanto, diante dos fatos, os militares deram voz de prisão ao suspeito e levaram o mesmo para o Plantão Policial. O delegado Elias Kobayashi estipulou fiança de R$ 2 mil, valor não apresentado pelo indiciado, que ficou preso na Cadeia Pública de Sumaré.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora