Mulher tem corpo queimado após briga de casal

Segundo Hospital Estadual, vítima está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em estado grave


Uma mulher teve o corpo queimado após o barraco onde ela morava ter pegado fogo na noite de segunda-feira (12), na Vila Santa Terezinha, região do Matão, em Sumaré. O incêndio teve início após uma discussão entre ela e o marido, um carregador de 42 anos. De acordo com a prefeitura, a mulher jogou um líquido inflamável por toda a residência e ateou fogo. Ela ficou ferida no tronco, braços, pernas e rosto.

Segundo a Defesa Civil, que atendeu a ocorrência, a mulher teria sofrido queimaduras em 80% do corpo e foi encaminhada ao Hospital Estadual de Sumaré – a unidade de saúde, contudo, disse que ela ainda está passando por avaliações médicas. Segundo Hospital Estadual, a vítima está internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em estado grave. Ela aguarda uma vaga em uma unidade de saúde que tenha uma ala para queimados, segundo a Secretaria Estadual.

Foto: Arquivo / O Liberal
Mulher foi encaminhada ao Hospital Estadual de Sumaré

O homem foi encaminhado à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Matão com queimaduras de 2º grau nas pernas.

O supervisor de equipe da Defesa Civil, Raimundo Machado do Prado, disse a corporação foi acionada por volta das 20h para atender a ocorrência. O barraco onde os dois moram fica em uma área verde na esquina entre as ruas São Cirilo e São Bartolomeu.

O barraco possui dois cômodos, e um deles ficou “bastante danificado” com o incêndio, de acordo com Machado, mas o outro não foi atingido. A Defesa Civil interditou parcialmente o barraco. “A informação que temos é que os dois estariam alcoolizados na hora da briga”, disse o supervisor. Ainda de acordo com ele, só havia o casal no barraco na hora da discussão.

Violência

Um homem de 58 anos foi preso em flagrante na noite de segunda-feira no bairro Parque Virgílio Viel, em Sumaré, após dar uma facada no braço esquerdo da esposa. Ela foi encaminhada à UPA Macarenko e precisou passar por cirurgia. Ele foi preso em flagrante com base na Lei Maria da Penha e recolhido à cadeia pública de Sumaré.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!