Ministro nomeado por Bolsonaro assume caso sobre candidatura de Dalben

Ex-prefeito de Sumaré, o deputado estadual pelo PR vem enfrentando questionamentos à sua candidatura na Justiça Eleitoral


O ministro Sergio Silveira Banhos, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), será o responsável em analisar o processo sobre a legalidade da candidatura do ex-prefeito de Sumaré, Dirceu Dalben (PR), a deputado estadual.

Ele recebeu 79,5 mil votos nas eleições do ano passado, conquistando o direito a uma das 94 cadeiras da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), mas vem enfrentando questionamentos à sua candidatura na Justiça Eleitoral. Ele assumiu ao cargo no fim de março.

Silveira foi nomeado para a corte no final de abril pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), em sua primeira escolha para tribunais superiores.

Nas primeiras fases do processo – que primeiro cassaram e depois liberaram a candidatura – a relatoria da ação era do ministro Admar Gonzaga.

O Ministério Público Eleitoral insiste na rejeição do registro do atual deputado com base na Lei da Ficha Limpa, já que o político sofreu condenações por improbidade administrativa. O pedido foi negado pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral), mas acabou aceito pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora