Homem é detido após provocar tumulto na Câmara de Sumaré

Identificado como Rodrigo Pavane, ele teria intimidado o vereador Décio Marmirolli (PSB) durante votação e disse que 'muita gente vai morrer'


Um homem foi detido na noite desta terça-feira (18) após provocar tumulto na sessão da Câmara de Sumaré. Identificado como Rodrigo Pavane, o homem insultou vereadores no momento em que um requerimento para convocação de representante da empresa de transporte Ouro Verde era votado. Pavane chegou a dizer que “muita gente vai morrer”.

Durante a sessão, os vereadores são impedidos pelo regimento de dirigirem-se diretamente ao público. Após Pavane ter se pronunciado, o presidente Willian Souza (PT) pediu para que ele se contivesse. Contudo, ele se alterou e continuou direcionando seus questionamentos ao vereador Décio Marmirolli (PSB).

Foto: Divulgação
Rodrigo Pavane foi conduzido por guardas municipais ao Plantão Policial de Sumaré

Segundo a assessoria do vereador, Pavane dirigiu-se ao parlamentar em tom intimidatório e com temas que divergiam da sessão.

A guarda municipal foi chamada e deteve o homem, levando-o até o Plantão Policial. Até a publicação desta reportagem, o caso ainda estava sendo apresentado à Polícia Civil e não havia definição sobre se ele ficaria preso. Diversos vereadores foram até a delegacia para acompanhar o registro do boletim de ocorrência.

Ex-assessor do governo de Hélio de Oliveira Santos em Campinas, Rodrigo Pavane é conhecido por provocar tumultos na câmara daquela cidade. Ele já empurrou um vereador, rasgou a foto oficial de uma parlamentar e foi preso após desacatar guardas municipais, em 2015.

A reportagem não conseguiu contato com a defesa de Pavane na noite desta terça-feira.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora