24 de Maio de 2020 Atualizado 12:06

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Foragido

Homem de 33 anos morre após troca de tiros com a PM em Sumaré

Fabiano André da Silva era foragido da Justiça, tinha passagens por diversos crimes e havia roubado a arma de um policial rodoviário em janeiro

Por Marina Zanaki

03 Maio 2020 às 16:13

Um homem morreu neste domingo (3) em Sumaré, após troca de tiros com a PM (Polícia Militar). Identificado como Fabiano André da Silva, de 33 anos, ele era foragido da Justiça e havia roubado uma arma de um policial militar rodoviário na cidade de Hortolândia, em janeiro deste ano.

Veículo que estava na garagem era clonado – Foto: Polícia Militar / Divulgação

De acordo com os policiais, eles foram informados pela 2ª Companhia de que um homem que portava uma arma e era foragido estava em uma casa na Rua Elizeu Teles de Mendonça, no bairro Bandeirantes.

Ao se aproximarem do endereço indicado, os militares foram recebidos com um tiro, disparado de dentro da casa.

Eles então entraram no imóvel e ouviram a porta de uma van Renault Master, que estava na garagem. Os militares de aproximaram do veículo e houve novo disparo. Os militares então reagiram, Fabiano foi acertado por tiros e morreu.

Ele era procurado pela Justiça e tinha duas passagens por roubo, quatro furtos, três receptações, um porte de arma de fogo e um disparo em via pública.

Arma que estava com o indivíduo morto foi apreendida – Foto: Polícia Militar / Divulgação

Fabiano foi reconhecido pelo policial rodoviário que teve sua arma roubada no início do ano.

Os policiais levantaram que o carro que estava na garagem do suspeito era um veículo clonado. O carro original havia sido roubado em Campinas (SP). O caso foi registrado no plantão policial de Sumaré.