02 de dezembro de 2020 Atualizado 10:44

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Eleições 2020

Candidato a vereador é morto durante apuração de votos em Sumaré

Edmar Santana foi atingido por disparos quando estava em uma adega da família

Por Leonardo Oliveira

16 nov 2020 às 14:06 • Última atualização 16 nov 2020 às 14:13

Candidato a vereador de Sumaré, Edmar Santana (Patriota) foi morto a tiros na noite deste domingo (15). Ele estava acompanhando a apuração de votos das eleições municipais na adega da família, quando foi atingido por disparos.

Candidato a vereador foi assassinado na noite deste domingo – Foto: Facebook/Reprodução

Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública), o cabeleireiro, de 37 anos, foi surpreendido por um homem que chegou com o rosto coberto e atirou em direção a ele e a seu tio, que também estava no local.

Ambos foram socorridos pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel e Urgência) até o Hospital Estadual Sumaré, mas o cabeleireiro não resistiu aos ferimentos e faleceu. Até a publicação desta reportagem não havia informações do estado de saúde do tio dele.

Imagens de câmeras de segurança da região foram colhidas e o caso registrado como homicídio no plantão da cidade. As investigações prosseguem na tentativa de identificar o autor dos disparos e a motivação do crime.

Edmar Santana nasceu em Sumaré e participou pela primeira vez, nesse ano, de uma eleição. Ele conseguiu 269 votos.

No último dia 11, o também candidato a vereador em Sumaré, o guarda municipal Ednelson Peixoto (PSB), foi baleado quando chegava no condomínio onde mora, no bairro Santa Maria. Os disparos acertaram o colete à prova de balas, por isso ele não se feriu.

Publicidade