20 de julho de 2024 Atualizado 18:17

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

NOVO TRABALHO?

Brochi passa em concurso da Guarda de Sumaré e quer conciliar com a câmara se reeleito

Vereador terminou em 31º lugar; convocação pode ser feita em até dois anos pela Prefeitura de Sumaré

Por Gabriel Pitor

04 de julho de 2024, às 20h33

O presidente da Câmara de Americana, Thiago Brochi (PL), foi aprovado em um concurso público para GCM (Guarda Civil Municipal) de Sumaré, de acordo com resultado divulgado no último dia 2 pelo Igecs (Instituto de Gestão de Cidades) – que organizou o certame – e homologado pela prefeitura nesta quinta-feira (4).

Ao LIBERAL, o vereador disse que, caso seja chamado após as eleições e seja reeleito, ele pensa em conciliar o trabalho na Casa de Leis com o de guarda.

Thiago Brochi – Foto: Arquivo / Liberal

A primeira fase do certame foi promovida em 26 de maio deste ano. Brochi acertou 33 questões, de 40, e teve nota de 82,5. Com o resultado, ele se qualificou para uma espécie de “segunda fase”, o TAF (Teste de Aptidão Física), realizado em 23 de junho.

Na prova física, o parlamentar recebeu nota 23 e foi aprovado. Com 105,5 pontos totais (juntando a primeira fase e o TAF), Brochi terminou em 31º, de 230 candidatos de ampla concorrência. Segundo o edital do concurso, há 50 vagas disponíveis para o cargo.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Portanto, o presidente do Legislativo americanense pode ser convocado, em até dois anos (validade do pleito), para assumir como guarda municipal — com vencimento de R$ 2.864,04, por 200 horas mensais.

“Quando teve o concurso público para guarda em Americana, eu queria fazer. Mas fui orientado pelo secretário de Governo [Jesuel de Freitas] para não fazer, porque se eu passasse, as pessoas iam achar que tive ‘jeitinho’, e se eu não passasse, por ser um homem público, sofreria consequências”, contou Brochi.

“Minha esposa me deu força e fui fazer a prova sem peso. Nunca imaginei na minha vida, aos 41 anos, prestar o primeiro concurso e passar”, completou.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Ainda de acordo com Brochi, se ele for chamado neste ano a tendência é que não consiga assumir a vaga por conta das eleições. Porém, após o pleito municipal, ele cogitaria conciliar a função de guarda com a de vereador, caso seja reeleito.

“Se tiver a oportunidade real de assumir, vou assumir. Vou trabalhar em Sumaré e me dedicar aqui em Americana como vereador. Adoro essa atuação na rua como guarda”, ponderou.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Publicidade