BRK Ambiental terá que ‘religar’ água em até 24 horas do pagamento da dívida – O Liberal

BRK Ambiental terá que ‘religar’ água em até 24 horas do pagamento da dívida

O morador que estiver com a água cortada deve ir até a sede do órgão e apresentar o comprovante de pagamento dos débitos


O prefeito de Sumaré, Luiz Dalben (PPS), sancionou uma lei que obriga a BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto da cidade, a restabelecer o fornecimento de água em até 24 horas nas residências após a confirmação de que colocaram as contas em dia.

A sanção da lei foi publicada no Diário Oficial do Município na última terça-feira (7).

A concessionária terá que religar o serviço em qualquer dia da semana, mesmo em caso de feriados. O morador que estiver com a água “cortada” deve ir até a sede do órgão e apresentar o comprovante de pagamento dos débitos.

A partir disso, a empresa tem 24 horas para retomar o abastecimento na residência. A multa é de R$ 500 por dia em caso de descumprimento.

Se após três dias da religação a empresa não constatar o pagamento em seu sistema, poderá suspender novamente o fornecimento da água ao morador.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora