Bombeiros buscam homem que desapareceu em represa

Jovem estava nadando na Represa do Horto com amigos no momento do acidente; ele foi visto se debatendo na água por testemunhas que passavam de barco


Foto: Divulgação
Bombeiros de Sumaré retomaram as buscas na manhã deste sábado

O Corpo de Bombeiros de Sumaré busca o corpo de um jovem de 23 anos que desapareceu na Represa do Horto na tarde desta sexta-feira (2). Informações da corporação e da PM (Polícia Militar) apontam que o jovem estava nadando no local com alguns amigos no momento do acidente. Testemunhas que estavam em um barco afirmaram que chegaram a ver um homem se debatendo na água. Até a publicação desta reportagem, o Corpo de Bombeiros não havia informado a identidade da vítima.

De acordo com os bombeiros, os trabalhos tiveram início já na tarde de ontem, quando foram acionados para atender a ocorrência. As buscas foram paralisadas durante a noite e retomadas na manhã deste sábado. Os bombeiros de Americana também auxiliaram nos trabalhos. No total, oito profissionais atuaram no resgate, sendo cinco de Sumaré e três da corporação americanense.

No início da noite deste sábado, as buscas foram interrompidas por conta da falta de visibilidade noturna. Os trabalhos devem ser retomados por volta das 8h de domingo, segundo os bombeiros. A Represa do Horto possui profundidade de cerca de nove metros, ainda de acordo com informações da corporação.

Esse não foi o primeiro caso de afogamento em Sumaré este ano. Em janeiro, um homem caiu em um buraco e morreu afogado na Represa do Marcelo. De acordo com uma testemunha, a vítima entrou na Represa do Marcelo, de roupa e calçados, começou a andar sob o leito e, em seguida, caiu em um buraco. As buscas duraram apenas dez minutos, mas o rapaz já estava morto quando foi localizado.

Na época, a Prefeitura de Sumaré reforçou o alerta de que não é permitido nadar na Represa do Marcelo ou do Horto Florestal, ambas mananciais de abastecimento público.

Já no último sábado, Washington Sales Rocha de Souza, de 24 anos, que também morava em Sumaré, morreu após se afogar em um pesqueiro em Paulínia. De acordo com a Polícia Civil, a vítima participava de uma festa com familiares no local. As buscas ocorreram durante a madrugada e o resgate do corpo só ocorreu na manhã do dia seguinte.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!