01 de dezembro de 2020 Atualizado 11:46

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Acidente

Batida frontal mata servidor da prefeitura e enfermeira da Unicamp em Sumaré

Mulher teria perdido o controle do carro e invadido a pista contrária, batendo contra um Chevrolet Ônix, que era dirigido por um homem de 52 anos

Por Heitor Carvalho / Talita Bristotti

22 out 2020 às 14:33 • Última atualização 22 out 2020 às 20:46

Uma colisão frontal entre dois veículos matou um servidor da Prefeitura de Sumaré e uma técnica de enfermagem da Unicamp no início da tarde desta quinta-feira (22), na Rodovia Virginia Viel Campo Dall’Orto, em Sumaré. O acidente aconteceu por volta das 12h30 e foi registrado por câmeras de vigilância.

Segundo informações da PMR (Polícia Militar Rodoviária), a motorista do Renault Clio, uma mulher de 32 anos, identificada Juliana Ribeiro de Lima, teria perdido o controle do carro e invadido a pista contrária em alta velocidade.

O carro capotou após atravessar o canteiro central da rodovia, que liga a região central do município à Rodovia Anhanguera (SP-330), e atingiu um Chevrolet Ônix, que era dirigido por Rildo José Sanches, superintendente da Secretaria de Serviços Públicos de Sumaré, de 52 anos.

Um Hyundai Tucson, que seguia atrás do Ônix pela via, também quase foi atingido pelo Clio, mas conseguiu desviar para o canteiro central. Nenhum dos ocupantes deste veículo sofreu ferimentos e o carro não chegou a ser afetado

O helicóptero Águia da Polícia Militar chegou a ser acionado e foi ao local, mas não teve tempo hábil de socorrer nenhuma das vítimas, que faleceram ali mesmo. Viaturas da PMR e do Corpo de Bombeiros deram apoio ao atendimento da ocorrência.

https://liberal.com.br/wp-content/uploads/2020/10/acidente-sumaré.mp4
Acidente em Sumaré foi registrado por câmera de segurança – Crédito: Divulgação

O trânsito na região ficou complicado e a pista sentido Sumaré precisou ser interditada, mas já havia sido limpa e liberada pelos policiais por volta de 16h, quando o tráfego começou a voltar ao normal.

Fábio Cazelato, de 47 anos, que trabalha como gerente de uma concessionária de veículos localizada em frente ao local do ocorrido, cujas câmeras de monitoramento registraram a colisão, disse que acidentes na região são frequentes.

“Normalmente, os acidentes aqui geram vítimas, são graves. Eu trabalho aqui há três anos e já presenciei cerca de três ou quatro casos. Eu acho que a instalação de um gaurd-rail preservaria vidas, seria melhor que um radar e uma lombada”, disse.

Rildo José Sanches era superintendente da Secretaria de Serviços Públicos de Sumaré – Foto: Reprodução

Juliana trabalhava, desde maio de 2015, como técnica de enfermagem no Centro Obstétrico do CAISM (Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher), ligado à Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp.

Superintende na prefeitura, Rildo havia sido nomeado, no mês passado, para integrar a comissão para acompanhamento e fiscalização dos trabalhos de operacionalização do serviço de rebaixamento do reservatório da Represa Salto Grande, feito pela CPFL Renováveis.

Em nota divulgada na tarde desta quinta, a Prefeitura de Sumaré lamentou a morte do servidor. O prefeito Luiz Dalben também se pronunciou através das redes sociais.

https://www.facebook.com/prefeituramunicipaldesumare/posts/3548211738575746

Publicidade