22 de abril de 2021 Atualizado 11:36

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Santa Bárbara

Vereador quer comissão para investigar situação dos veículos da Saúde

Pacientes e funcionários denunciaram falta de manutenção e problemas nos freios dos veículos

Por Leonardo Oliveira

03 fev 2021 às 16:06

Na última semana o LIBERAL divulgou relatos de pacientes e profissionais reclamando que as vans não estavam passando por manutenção - Foto: Divulgação - Câmara de Santa Bárbara

O vereador Carlos Fontes (PSL) protocolou, na última segunda-feira (1), um requerimento para abertura de uma Comissão de Representação na Câmara Municipal de Santa Bárbara d’Oeste para investigar denúncias sobre a situação da frota de veículos da Secretaria de Saúde da cidade.

Na última semana o LIBERAL divulgou relatos de pacientes e profissionais reclamando que as vans utilizadas para transportar moradores da cidade para consultas na Grande São Paulo não estavam passando por manutenção.

Um acompanhante de uma paciente afirmou à reportagem que o veículo que o levou em uma viagem para Guarulhos estava com o freio desgastado. “A gente tava na van e o motorista ligou para alguém falando que ela tava com o freio do lado esquerdo pegando ferro com ferro. Tava no viva voz e a outra pessoa falou que não tinha outra ambulância no momento para levar as pessoas”, disse à época.

Fontes já havia entrado com um requerimento sobre o assunto e decidiu pedir a abertura de uma comissão depois que a reportagem foi divulgada.

“A denúncia ainda é mais grave, pois profissionais da área da Saúde também revelaram à reportagem do Jornal O liberal, que muitos veículos não passam por manutenção, e isso nos preocupa demais com transporte dos pacientes”, ressalta o parlamentar no documento.

Era necessário que um terço dos vereadores assinasse o documento para o requerimento fosse aprovado – Fontes conseguiu 11 assinaturas, contando a dele, superando o necessário.

Com isso, a próxima sessão da CM, marcada para o dia 9 deste mês, deverá ter na pauta a votação desse requerimento. Bastam dez assinaturas (maioria simples) para a comissão ser criada.

O que diz a prefeitura?

Ao ser questionada na semana passada sobre a situação dos veículos, a Secretaria de Saúde afirmou que realiza “continuamente” a manutenção preventiva e corretiva da frota e que os veículos com problemas devem ser informados de maneira imediata à administração para que os reparos sejam realizados.

“Vale ressaltar, que toda a frota da Saúde foi trocada no segundo semestre de 2015. Foram adquiridas 10 ambulâncias, sendo duas UTI grande; oito vans para transporte de passageiros, com capacidade para 15 lugares, três delas adaptadas para pessoas com necessidades especiais; duas minivans; dois furgões; um caminhão 3/4 para manutenção e três veículos leves para serviços gerais”, diz a nota enviada pelo município.

Publicidade