08 de março de 2021 Atualizado 20:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Retomada em SB

Um dia após reunião, prefeitura muda data de retorno presencial das aulas

Prefeitos da RMC concordaram com retorno em março, mas Santa Bárbara decidiu pela volta em 1° de fevereiro

Por Leonardo Oliveira

20 jan 2021 às 20:49 • Última atualização 20 jan 2021 às 20:51

Um dia após os 20 prefeitos da RMC (Região Metropolitana de Campinas) indicarem ao Governo do Estado que queriam voltar em março com as aulas presenciais nas redes municipais de ensino, a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste divulgou que o retorno acontecerá um mês antes, no dia 1° de fevereiro.

Esse era o prazo inicial, definido na semana passada pelo prefeito Rafael Piovezan (PV). Na última segunda-feira, no entanto, a Câmara Temática de Educação do CD-RMC (Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas) sugeriu que o retorno presencial acontecesse em 1° de março.

Piovezan esteve presente em encontro com prefeitos, onde a data de 1º de março havia sido aceita, mas tomou outra decisão depois – Foto: Prefeitura de Santa Bárbara/Divulgação

No dia seguinte, houve a reunião dos chefes do executivo, em Jaguariúna, que contou com a participação de Piovezan. No encontro, os prefeitos decidiram indicar a data da volta às salas de aula em março, com 35 % da ocupação, em esquema de rodízio, com turmas diferentes conforme os dias da semana.

O prefeito de Hortolândia, Angelo Perugini (PSD) e o prefeito de Americana, Chico Sardelli (PV), confimaram ao LIBERAL nesta terça que a escolha do retorno em março foi unânime. “Nosso maior interesse é de que as crianças não sejam prejudicadas e por isso definimos por unanimidade ter cautela e um retorno gradual a partir de primeiro de março”, disse Chico.

Na noite desta quarta, porém, a Prefeitura de Santa Bárbara divulgou que as aulas presenciais serão retomadas em 1° de fevereiro, de maneira escalonada, seguindo o Plano SP – na rede estadual a volta às aulas acontece nesse mesmo dia.

A reportagem questionou a assessoria de imprensa da Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, na noite desta quarta, sobre o que havia mudado desde o encontro entre os chefes do executivo para que a cidade optasse por fevereiro. A resposta foi que o município já havia divulgado essa data antes da reunião e que por enquanto continua trabalhando com a mesma agenda.

Publicidade