Trotes mobilizam Polícia Militar de Santa Bárbara

Corporação encaminhou viaturas em três dias diferentes para atender ocorrências, mas tratavam-se de telefonemas falsos


Um homem ainda não identificado tem mobilizado a 2ª Companhia da PM (Polícia Militar) de Santa Bárbara d’Oeste através de seguidos trotes telefônicos realizados neste mês à corporação – que descobriu que as chamadas eram do mesmo autor através do número de celular registrado. O caso foi entregue à Polícia Civil para investigação.

Diante do mal estar causado, um boletim de ocorrência foi registrado por um policial no último sábado (18). Nele, relata que uma pessoa que se identifica com o nome de Antonio solicita viaturas para atendimento de ocorrências de “alta relevância”. Quando chegam ao local descrito pelo suposto denunciante, os militares não encontram nada de anormal.

“A ligação era a respeito de um roubo em andamento. Aí os policiais foram até o local e nada constataram. Através do número do celular que havia feito essa denúncia, foi constatado que em outras datas o mesmo telefone havia ligado, dizendo que estaria ocorrendo um roubo”, afirmou o sargento Wilson, da PM, ao LIBERAL. Nas outras vezes, o homem usou outro nome.

Quando é relatado um roubo em andamento, duas viaturas são deslocadas ao endereço informado via contato telefônico. “É complicado porque as vezes todo o direcionamento das viaturas para atender a uma ocorrência que em tese seria de gravidade acaba deixando um outro local sem o policiamento momentaneamente”, acrescentou.

De acordo com o sargento, a falsa comunicação de crime aconteceu pelo menos três vezes. Ele está tipificado no artigo 340 do código penal brasileiro e prevê detenção de um a seis meses, ou a aplicação de multa.

A reportagem procurou o delegado responsável pelo caso, Gelson Aparecido de Oliveira, que não quis falar com a reportagem sobre a investigação.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora