23 de Maio de 2020 Atualizado 12:05

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

COVID-19

Transporte público registra queda de 85% em S. Bárbara

Prefeitura reduziu linhas pela metade antes da quarentena; Americana corta circulação nos feriados e Nova Odessa aos domingos

Por André Rossi

10 abr 2020 às 09:50 • Última atualização 10 abr 2020 às 10:07

O número de passageiros que utilizam o transporte público em Santa Bárbara d’Oeste caiu 85% desde o início da quarentena vigente para combater a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Responsável pelo serviço, a Sertran/Nova Via reduziu as linhas pela metade. Entretanto, diferentemente de outras cidades da região, ainda mantém os ônibus operando aos domingos e feriados.

Clique aqui e se inscreva no nosso canal do Telegram e receba as notícias no seu celular!

Foto: João Carlos Nascimento - O Liberal
A Sertran/Nova Via reduziu as linhas pela metade

Em decreto do dia 19 de março, o prefeito Denis Andia (PV) regulamentou os novos horários de circulação dos ônibus, que passaram a valer no dia 21. Na prática, isso significou uma redução de 50% no número de linhas. O objetivo era adequar e manter o funcionamento do serviço. Todos os veículos tiveram reforço na higienização diária.

Mesmo com a queda expressiva no número de passageiros, a prefeitura descarta, por ora, novas reduções. As linhas aos domingos também estão mantidas.

“A prefeitura informa que desde o início da quarentena houve queda de 85% no número de passageiros transportados e as linhas foram reduzidas em 50%, com reforço nos horários de pico. Durante o período de enfrentamento ao coronavírus as ações são avaliadas diariamente”, informou a administração.

A Sertran foi questionada sobre eventuais mudanças nas rotas, mas não se manifestou até o fechamento desta edição.

Região

Em Americana, o corte dos circulares aos domingos começou no último final de semana. Nesta quinta—feira a prefeitura anunciou que o serviço também estava suspenso nos feriados. Hoje, feriado de Sexta-feira Santa, já não há transporte.

Desde o início da quarentena, a queda no número de passageiros foi de 90%, segundo o proprietário da Sancetur, Marcho Chedid. A empresa atua na cidade como Sou Americana.

Covid-19: confira aqui as iniciativas para doação de alimentos e produtos na região e ajude quem mais precisa

“Está carregando (transportando) 3,5 mil passageiros por dia só. O normal era 30, 32 mil. Foi feito levantamento de número de passageiros em cada horário, preservando os picos. Algumas linhas de bairros vizinhos nós unimos. Foi feito um alinhamento para continuar atendendo essas 3,5 mil pessoas. Aumentando os passageiros, nós vamos aumentando (as linhas)”, disse Chedid ao LIBERAL no último domingo.

Já a Prefeitura de Nova Odessa anunciou nesta quinta-feira que os ônibus deixarão de circular aos domingos. Um relatório da concessionária responsável pelo serviço apontou queda de 65% no número de passageiros, tanto nos dias úteis quanto aos finais de semana.

Desde o dia 20 de março os ônibus operam com redução de 20% em todos os horários, entre segunda-feira e sábado, exceto aqueles considerados de “pico”. Os veículos devem circular apenas com passageiros sentados, com os vidros abertos e a empresa é obrigada a realizar a higienização dos ônibus ao fim de cada viagem.