25 de maio de 2022 Atualizado 01:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Transporte

Transporte público em Santa Bárbara é retomado após paralisação

Sindicato e responsáveis pela empresa de transporte entraram em um acordo na manhã desta quarta-feira

Por Paula Nacasaki / Bruno Moreira / Caio Possati

11 Maio 2022, às 13h58 • Última atualização 12 Maio 2022, às 00h36

Os 26 ônibus que operam o transporte público em Santa Bárbara d’Oeste voltaram a circular na tarde desta quarta-feira (11), depois de ficarem estacionados por toda manhã na garagem, por conta de uma paralisação dos motoristas. De acordo com o sindicato da categoria, todas as melhorias pedidas serão atendidas pela Nova Via, empresa responsável pelo serviço na cidade.

O estado de paralisação começou às 4h e cerca de 80 funcionários não trabalharam no período da manhã, em protesto às condições de trabalho.

Motoristas de ônibus paralisaram as atividades em Santa Bárbara nesta quarta – Foto: Claudeci Junior / O Liberal

As principais reivindicações da categoria foram: reajuste salarial de 10,8%, melhora na qualidade da cesta básica, maior organização quanto ao registro de horas extras e das férias dos trabalhadores, além de aumento de 22% no vale-refeição.

Os motoristas também cobraram da empresa o serviço de manutenção e fiscalização da qualidade dos ônibus. De acordo com os condutores, os pneus dos veículos estão carecas e precisam ser trocados.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A informação vai na contramão do divulgado pela Prefeitura de Santa Bárbara, que, em fevereiro, anunciou uma frota inteira de veículos novos para a cidade. Ao todo, teriam sido gastos R$ 18 milhões nos ônibus, que também são equipados com ar-condicionado, wi-fi e entrada USB para carregamento de celular.

Por volta de 13h, o presidente do Sindicato dos Condutores de Americana e Região, Claudemir Alves da Cruz, confirmou que os ônibus voltaram a circular, pois a empresa se comprometeu a atender todas as demandas.

Séries, filmes, games, quadrinhos: conheça o Estúdio 52.

De acordo com Claudemir, o reajuste salarial de 10,8% e o aumento de 22% do vale-refeição foram garantidos. “Sobre os pneus, os representantes da Nova Via disseram que vão começar a trocar entre hoje e amanhã, e que os funcionários vão ter um quadro de aviso sobre as férias de cada motorista”.

Segundo o sindicalista, 80 pessoas serão beneficiadas com a mudança.

Situação dos pneus dos ônibus também é motivo de reclamação da categoria – Foto: Claudeci Junior / O Liberal

“A gente espera que a população entenda a parte dos motoristas. A gente sabe que isso prejudica as pessoas, mas essas reivindicações não são somente para a nossa categoria e para os funcionários da empresa. Essas melhorias também vão ajudar a população, trazendo mais segurança”, disse o presidente do sindicato.

Prefeitura vê movimento abusivo

Em nota, a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste informou que nem ela e nem a empresa foram comunicadas previamente sobre a greve e que, por isso, considera o movimento “abusivo, já que não está respeitando a legislação na manutenção de frota mínima nas ruas”. A prefeitura ressalta também que as obrigações com a empresa estão rigorosamente em dia.

Fãs de literatura têm espaço reservado no LIBERAL

A administração diz ainda que as reclamações sobre as condições de trabalho e da frota “não procedem”.

O Executivo completou dizendo que fez uma vistoria recente em todos os veículos da Nova Via e que notificou a empresa, pedindo esclarecimento sobre o ocorrido.

O LIBERAL questionou a Nova Via sobre a paralisação, mas não teve retorno até o fechamento da matéria.

Publicidade