Traficante tenta subornar guardas para não ser preso

Homem foi abordado na esquina das ruas Itaúna com a Itacolomi, em Santa Bárbara, e ofereceu R$ 1.400 para ser liberado da prisão


Um desempregado de 21 anos vai responder por dois crimes após tentar subornar guardas civis de Santa Bárbara d’Oeste que o haviam prendido por tráfico de drogas. Ele foi indiciado por corrupção ativa, além do tráfico.

O caso aconteceu no fim da tarde deste domingo, em Santa Bárbara, quando os patrulheiros o viram na esquina das ruas Itaúna com a Itacolomi, no Jardim Icaraí, por volta das 17h, e perceberam que o rapaz jogou algo quando viu a viatura.

A abordagem foi feita e com o suspeito os guardas encontraram R$ 443 em espécie. O invólucro que ele tinha dispensado continha 39 pedras de crack. Nesse momento, o desempregado saiu correndo, mas se chocou com o retrovisor da viatura e caiu.

Ele foi então algemado. Questionado, admitiu que estava no local vendendo drogas mas, para tentar evitar a prisão, ofereceu R$ 1.400 aos guardas, além do dinheiro que tinha sido encontrado com ele. Para dar o flagrante também por esse crime, os guardas simularam aceitar o valor e foram até a casa do desempregado, que fica no bairro Roberto Romano, onde o dinheiro foi apreendido.

O rapaz recebeu voz de prisão e foi levado para a delegacia, onde foi indiciado e ficou preso.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora