02 de março de 2021 Atualizado 16:15

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

COVID-19

Secretaria corrige informação sobre morte de criança em Santa Bárbara

Prefeitura divulgou que menina de 3 anos havia morrido por Covid-19; trata-se de um bebê de 3 meses com óbito suspeito

Por Marina Zanaki

12 fev 2021 às 19:01 • Última atualização 13 fev 2021 às 09:02

A Secretaria de Saúde de Santa Bárbara d’Oeste corrigiu nesta sexta-feira (12) informações sobre a morte de uma criança do bairro Vista Alegre divulgada no boletim do novo coronavírus (Covid-19) desta quinta-feira (11).

A prefeitura havia divulgado incorretamente que uma menina de 3 anos havia morrido por Covid-19. Na verdade, trata-se de uma bebê de 3 meses com óbito considerado suspeito.

O caso foi corrigido após o LIBERAL questionar a Secretaria Municipal de Saúde. O questionamento foi feito pela manhã, mas respondido somente no final da tarde desta sexta.

A reportagem do LIBERAL conversou com a mãe da criança, Adinalva Cavallaro Berto. Ela disse que a filha havia sido diagnostica com Mal de Edwards, uma síndrome rara. A criança esteve internada por 14 dias no Hospital São Lucas de Americana.

Segundo a mãe, a bebê foi submetida a três testes para coronavírus. Um teste rápido deu positivo, mas dois exames PCR deram negativo para a doença. Depois dos resultados negativos, ela foi autorizada a ficar com a filha na internação.

Após a morte da criança, a família foi informada pela funerária que as causas do óbito foram choque não especificado, outras septicemias, má formação congênita do coração e Síndrome de Edwards, sem nenhuma menção à Covid-19. O velório da criança também ocorreu normalmente, o que em casos de Covid-19 não é autorizado para evitar disseminar a doença.

A morte da criança foi divulgada na noite de quinta pela prefeitura, no boletim diário dos casos de coronavírus. Na manhã desta sexta-feira, uma profissional da Secretaria de Saúde entrou em contato com a mãe para confirmar a causa da morte da menina.

“Depois que ela me ligou veio uma pessoa e pergunta, outra pessoa e pergunta: sua filha morreu de Covid? Mas por que estão perguntando isso? Porque viram no jornal. Falei ‘tem alguma coisa errada, as informações não estão batendo, está errada’”, disse Adinalva ao LIBERAL.

A Prefeitura de Santa Bárbara disse que o hospital da rede particular de Americana onde a paciente estava internada informou no sistema de notificações que o óbito era em decorrência de Covid-19.

“Por conta das informações relacionadas ao histórico clínico da paciente, a Secretaria de Saúde de Santa Bárbara d’Oeste aguarda o encaminhamento da respectiva declaração de óbito à Vigilância Epidemiológica Municipal para a investigação deste óbito”, respondeu a prefeitura ao LIBERAL.

A reportagem procurou o Hospital São Lucas no início da noite desta sexta, mas o e-mail enviado à assessoria de imprensa não foi respondido. Usualmente, o hospital não informa dados referentes a pacientes e responde que presta informações sobre coronavírus somente à Vigilância Epidemiológica dos municípios.

Publicidade