Santa Bárbara vira local de prova do vestibular da Unicamp

Com inscrições abertas a partir desta quinta-feira, saiba o que muda e o que continua igual no vestibular 2020


A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) anunciou que Santa Bárbara d’Oeste entra para a lista das 30 cidades em que a prova para o vestibular é aplicada aos candidatos. Agora, são dois os municípios que aplicam o exame na RPT (Região do Polo Têxtil), já que Sumaré também já estava na lista.

As inscrições para o vestibular estão abertas a partir desta quinta-feira (1º) e seguem até o dia 6 de setembro exclusivamente pela internet, no site da Comvest. A taxa de inscrição é de R$ 170 e pode ser paga até 9 de setembro. Ao todo, são 2.570 vagas distribuídas em 69 cursos.

Foto: Arquivo / O Liberal
Santa Bárbara d’Oeste agora é local de prova do vestibular da Unicamp

Neste ano, o vestibular apresenta algumas mudanças e novidades. A partir desta edição, as duas opções de curso escolhidas pelo interessado na hora da inscrição precisam ser da mesma área do conhecimento, de Humanas/Artes, Biológicas/saúde, ou Exatas/Tecnológicas.

É essa escolha que irá definir a prova da segunda fase, que a partir deste ano, deve ser igual para todos os candidatos, sendo relacionadas com a área de conhecimento dos cursos escolhidos. Isso reduz a segunda etapa da prova, que passa a ser de 2 dias, em 12 e 13 de janeiro de 2020.

Antes da primeira fase haverão provas específicas para os alunos dos cursos de Música (em setembro e outubro). Já a prova de Habilidades Específicas para Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais e Dança ficam entre os dias 20 e 24 de janeiro de 2020.

Os candidatos com alguma deficiência podem ser atendidos em qualquer cidade de aplicação do vestibular com provas adaptadas ou outras necessidades especificadas nas regras do Edital.

Como fica

A primeira fase é composta de uma única prova, com 90 questões de múltipla escolha de conhecimentos gerais. A segunda fase é composta por provas dissertativas. No primeiro dia, há as provas comuns a todos os candidatos: redação (composta por duas propostas de textos para que o candidato execute apenas uma); língua portuguesa e literaturas de língua portuguesa, com oito questões; duas questões interdisciplinares em Língua Inglesa.

Já no segundo dia, além das provas comuns a todos os candidatos (Matemática com seis questões; interdisciplinar de Ciências Humanas com duas questões; interdisciplinar de ciências da natureza com duas questões) há provas específicas, conforme a opção de curso:

– candidatos da área de ciências biológicas/saúde: seis questões de biologia e seis questões de química;
– candidatos da área de ciências exatas/tecnológicas: seis questões de física e seis questões de química;
– candidatos da área de ciências humanas/artes: seis questões de geografia e seis questões de história, englobando conteúdos de filosofia e sociologia.

A Unicamp agora passa a aplicar as provas de seu Vestibular em 30 cidades: Araçatuba, Bauru, Botucatu, Bragança Paulista, Campinas, Franca, Guarulhos, Indaiatuba, Jundiaí, Limeira, Lorena, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi Guaçu, Osasco, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santa Bárbara D’Oeste, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Sumaré e Valinhos.

Fora do Estado de São Paulo, recebem as provas do Vestibular Unicamp cinco capitais: Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza e Salvador.

Estão mantidas as cotas étnico-raciais no Vestibular Unicamp e a pontuação na primeira e segunda etapa das provas para os estudantes de escola pública.

Calendário Vestibular Unicamp 2020

Inscrições : 1/8 a 6/9/2019

Pagamento da taxa até 9/9

Provas de habilidades específicas de música
Etapa I – 9 a 16/9/2019
Etapa II – 13 a 14/10/2019

1ª fase: 17/11/2019

2ª fase: 12 e 13/1/2020

Provas de Habilidades Específicas: 20 a 24/1/2020

Divulgação da 1ª chamada (para matrícula não presencial): 10/2/2020

Matrícula não presencial: 11/2/2020.

*Estagiária Maíra Torres, sob supervisão de João Colosalle.

 

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora