Projeto usa bicicletas para conscientizar sobre meio ambiente

Iniciativa barbarense Pedal Sustentável transforma música em exemplo de preservação do meio ambiente em eventos culturais


Muitos festivais musicais pelo mundo citam o meio ambiente como preocupação primordial em suas plataformas de divulgação. No entanto, não são poucos os que apontam uma contradição nessa publicidade, já que toneladas de energia, lixo e poluição são utilizados para promover tais megaeventos. Mas em Santa Bárbara d’Oeste há quem realmente se preocupe com isso. E não é de hoje.

Trata-se do projeto Pedal Sustentável, que desde 2008 promove eventos onde a energia utilizada nasce da utilização de bicicletas, que transformam a energia das pedaladas em eletricidade, proporcionando o funcionamento do palco e a amplificação do som das bandas que se apresentam.

Foto: Divulgação
Projeto Pedal Sustentável promove eventos desde 2008

“Aplicamos o princípio da conversão de energia humana em eletricidade às ações educativas em eventos públicos e privados, sempre envolto do lúdico. As pessoas gostam de receber uma recompensa imediata enquanto pedalam”, comenta José Carlos Armelin, idealizador do projeto, que nasceu como um desdobramento de sua primeira banda, CO2 Zero.

Armelin era professor do curso profissionalizante do Senai, e ia todos os dias de bicicleta para a escola. Certo dia, a direção da instituição de ensino resolveu lhe delegar a missão de tratar o tema meio ambiente junto aos alunos. Para deixar as aulas mais animadas, desenvolveu o tema sustentabilidade a partir de objetos bem reais do dia a dia.

“Foi neste momento que a bicicleta entrou em sala de aula. Utilizei a pedalada para fazer um rádio funcionar. Depois daquela experiência levei a ideia para a banda de música que eu tocava e fundei a banda CO2 Zero”, relembra o professor e músico, que contabiliza 150 shows em seis anos.

E foi a partir daí que o projeto foi crescendo e ganhando o país, a ponto de Armelin, ao lado da cantora e produtora Maria Filomena da Silva, criar a empresa PEDAL, que pesquisa energias renováveis e a melhoria de eficiência energética, financiada pelos eventos que realiza. “Aplicamos o princípio da conversão de energia humana em eletricidade às ações educativas em eventos públicos”, resume Armelin.

O projeto já ganhou destaque em diversas mídias, incluindo o Fantástico, da Rede Globo. O cantor Lenine também fez um show em parceria com o projeto barbarense, já que ficou impressionado com a ideia.

“As mudanças climáticas reais que estamos vivendo têm sensibilizado muita gente e a maneira que o Pedal Sustentável se comunica com esse assunto é bastante didático e lúdico, ganhando cada vez mais fãs que se preocupam com o futuro do nosso planeta”, finaliza o músico/ambientalista.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!