26 de junho de 2022 Atualizado 00:09

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

REPOSIÇÃO

Projeto prevê reajuste de 10,21% para vereadores de Santa Bárbara

Já os servidores da câmara terão uma reposição de 14%, segundo a mesma proposta de resolução

Por Caio Possati

24 de maio de 2022, às 10h56 • Última atualização em 24 de maio de 2022, às 11h12

A Mesa Diretora da Câmara de Santa Bárbara d’Oeste protocolou um projeto de resolução que prevê reajuste de 10,21% no salário dos parlamentares. Com a reposição, cada vereador passaria a receber R$ 8.966,81 e o salártio do presidente seria de R$ 10.082,99.

O percentual foi estabelecido, de acordo com o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), acumulado entre maio de 2021 a abril de 2022.
Segundo informações apresentadas no Portal de Transparência da câmara, o salário atual de cada vereador é de R$ 8.136,12, e do presidente do legisla tivo está em R$ 9.148,89.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Na justificativa, os vereadores afirmam que o objetivo da proposta é o de valorizar os trabalhos na assembleia legislativa barbarense, como também adequar os salários aos custos que aumentaram por conta da inflação.

“Da mesma forma, o reajuste trazido pelo projeto em apreço atenuará as despesas enfrentadas no dia-a-dia, fazendo, em parte, frente a alta generalizada de preços do mercado”, escrevem os vereadores que compõem a Mesa Diretora, que são o presidente Joel do Gás (PV), Carlão Motorista (Republicanos), Carlos Fontes (União Brasil) e Careca do Esporte (Patriota).

Eles também foram responsáveis pelo proposta enviada ao legislativo, que permite o reajuste salarial de 14% dos demais funcionários que atuam na câmara.

A justificativa neste caso é ajudar os servidores com o aumento das despesas cotidianas, puxada pelo crescimento dos preços de produtos do mercado e também de serviços. Não há uma data para a votação.

Publicidade