Preso com drogas diz que comprou ‘biqueira’ por R$ 60 mil

Ele foi pego entregando uma sacola com 26 pedras de crack a outro rapaz que seria o "funcionário" da biqueira


Um homem preso com drogas no Jardim Icaraí, em Santa Bárbara d’Oeste, disse aos policiais que comprou uma biqueira (ponto de venda de entorpecentes) no bairro por R$ 60 mil.

O rapaz, de 22 anos, foi detido na tarde de sábado (19), na Rua Itaúna. Um “funcionário” da biqueira fugiu.

Os policiais faziam ronda de rotina quando viram o motorista de um Vectra entregar algo a outro rapaz que estava do lado de fora do carro. Momentos antes da abordagem, o sujeito que estava de pé jogou algo no chão.

Os policiais encontraram uma sacola com 26 pedras de crack no solo. Dentro do veículo, acharam mais uma sacola com duas pedras grandes de crack e R$ 455 em dinheiro. Enquanto um dos policiais fazia busca dentro do Vectra, um dos homens fugiu. Os policiais levaram o outro até a casa dele. Encontraram mais duas pedras de crack e R$ 500 em dinheiro no bolso de uma jaqueta em seu quarto.

O suspeito, então, foi questionado e afirmou aos policiais que tinha comprado a biqueira por R$ 60 mil e que o rapaz que fugiu era seu funcionário.

Ele foi preso em flagrante e levado à delegacia.

Defesa. O advogado do suspeito nega que seu cliente tenha dito que era dono da “biqueira”. Ele afirma que fará uma reclamação na Corregedoria da PM e que registrará um boletim de ocorrência contra os policiais que antederam o caso por abuso de autoridade, já que a entrada na residência do suspeito não teria sido autorizada.

O setor de comunicação do 19º BPMI (Batalhão de Polícia Militar do Interior) foi questionado sobre as afirmações do advogado, mas não houve resposta até a atualização desta matéria.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora