13 de abril de 2021 Atualizado 15:08

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Restrições

Prefeitura de SB vai permitir só uma pessoa por família nos supermercados

Executivo vai propor ampliação do horário de funcionamento, utilizando no máximo 30% da capacidade de clientes no local

Por Leonardo Oliveira

31 mar 2021 às 20:56 • Última atualização 31 mar 2021 às 21:03

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste divulgou nesta quarta-feira (31) que vai proibir a entrada de mais de um membro da mesma família nos supermercados da cidade e propor ampliar o horário de funcionamento dos estabelecimentos, a fim de evitar aglomerações.

O objetivo é conter o avanço do novo coronavírus (Covid-19) no município. Também nesta quarta, o executivo já havia anunciado que o pronto-socorro Edison Mano só irá atender casos de pacientes infectados ou suspeitos da doença a partir da próxima segunda-feira.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

A limitação de pessoas da mesma família nos supermercados terá uma exceção: menores de 12 anos poderão ir acompanhados dos responsáveis. Caso contrário, a entrada não deverá ser permitida.

A prefeitura ainda não divulgou como será feita a fiscalização. Essa informação deve constar em um decreto que será publicado nesta sexta-feira.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O município também vai propor que os supermercados ampliem o horário de funcionamento para limitar em 30% a ocupação no estabelecimento.

A prefeitura também divulgou que deverá adotar as seguintes medidas:

• Desinfecção das áreas públicas e de grande circulação de pessoas

• Notificação de bancos para que não permitam aglomerações nas filas de atendimento

• Fechamento de conveniência de postos de combustíveis

• Protocolos de enfrentamento da pandemia para as grandes empresas receberão protocolos

• Visitas, orientações e protocolos de enfrentamento da pandemia para as pequenas empresas

• Protocolos preventivos para empresas, comércio, supermercados, entre outros

• Barreiras sanitárias para orientação

• Abordagem e fiscalização orientativa

• Fiscalização de aglomerações em desacordo ao Decreto Estadual

• Fiscalização de festas em área urbana e rural que descumpram o Decreto Estadual e Municipal

• Distanciamento nas feiras livres

• Ampliação do número de fiscais sanitários e logística emergencial para atendimento das ocorrências

• Telefone para denúncias e ocorrências: (19) 3463-7875 (segunda a sexta-feira, das 6 às 18 horas) e 153 (24 horas, todos os dias).

Publicidade