30 de maio de 2020 Atualizado 17:44

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

LDO 2021

Prefeitura de Santa Bárbara estima queda de 25% na arrecadação

Apresentado nesta quarta-feira, projeto da LDO de 2021 prevê superávit “discreto” de R$ 300 mil

Por André Rossi

14 Maio 2020 às 08:59 • Última atualização 14 Maio 2020 às 09:40

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste estima queda de 25% na arrecadação do município em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2021 foi apresentado nesta quarta-feira e, diante da crise sanitária, prevê superávit primário de R$ 300 mil.

A audiência ocorreu no Anfiteatro Municipal “Detinha Dagnoni” e foi aberta ao público, o que destoa da postura adota por outras prefeituras por conta da proliferação da Covid-19.

Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021 foi apresentado nesta quarta-feira – Foto: Prefeitura de Santa Bárbara / Divulgação

A apresentação durou pouco mais de 15 minutos e em nenhum momento o assunto coronavírus foi abordado. A previsão de queda foi informada pela assessoria de imprensa após questionamento do LIBERAL.

“A prefeitura estima uma queda de 25% na arrecadação em decorrência da pandemia, o que tem exigido um esforço maior da administração para equilíbrio das contas públicas. A previsão de arrecadação para 2021 já está considerando o impacto da retração da economia em 2020”, disse a administração.

De acordo com a economista e chefe de Divisão de Orçamento da prefeitura, Paula Marchesin Mori, a expectativa é de que haja superávit primário de R$ 300 mil. A arrecadação estimada para o município é de R$ 606,2 milhões, dos quais R$ 504 milhões são da prefeitura e R$ 101 milhões do DAE (Departamento de Água e Esgoto).

Já as despesas devem ficar em R$ 482 milhões para a prefeitura, R$ 101 milhões para o DAE e R$ 20 milhões para a câmara.

A LDO é um dos projetos que norteiam a elaboração do planejamento orçamentário. Os demais são o PPA (Plano Plurianual) e LOA (Lei Orçamentária Anual), cuja elaboração precisa ser concluída até o dia 30 de setembro.

Retrospecto

Santa Bárbara fechou 2019 com superávit de R$ 29,1 milhões. Apesar de positivo, o resultado foi classificado como “discreto” pela administração do prefeito Denis Andia (PV), que conseguiu apenas pela terceira vez em sete anos fechar as contas gastando menos do que arrecadou.

De acordo com informações da prefeitura, as receitas de 2019 somaram R$ 585.772.621,24, enquanto as despesas foram de R$ 556.597.591,37. Ou seja, superávit de R$ 29.175.029,87.

Em 2014, a administração encerrou o ano com R$ 9,6 milhões de “lucro”. Em 2018 o saldo também foi positivo, só que bem mais discreto: apenas R$ 380 mil no caixa.  

Podcast Além da Capa
A quarentena decretada no Estado de São Paulo para combater a proliferação da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) completa 50 dias nesta semana. Com as restrições impostas, muitas pessoas tiveram a rotina, hábitos e até o convívio familiar alterado. Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com o repórter André Rossi, que ouviu moradores da região para entender como a pandemia mudou a dinâmica de suas vidas.