12 de julho de 2024 Atualizado 10:00

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Jardim Pérola

Polícia investiga crânio encontrado em bueiro onde mulher foi achada morta, em Santa Bárbara

Corpo de Maria Carolina Almeida Vieira foi encontrado no mesmo local, em outubro de 2023; marido está preso pelo crime

Por Cristiani Azanha

24 de junho de 2024, às 18h55 • Última atualização em 25 de junho de 2024, às 08h12

Funcionários de uma concessionária de gás encontraram, na tarde desta segunda-feira (24), um crânio que pode ser de Maria Carolina Almeida Vieira, que foi assassinada e teve o corpo jogado em um bueiro no Jardim Pérola, em Santa Bárbara d’Oeste, em outubro do ano passado. A cabeça estava em uma caixa de telefonia dentro do mesmo bueiro, no cruzamento entre as ruas do Chá e do Couro.

O delegado do 2º Distrito Policial, Gabriel Fagundes Toledo Netto, disse que pediu o confronto do exame de DNA com o material genético do corpo que a Polícia Civil já tem.

Maria Carolina Almeida Vieira tinha 26 anos quando foi assassinada – Foto: Reprodução/Facebook

“O exame será realizado pela perícia criminal de São Paulo. Ainda não temos a previsão para o retorno do laudo. No entanto, tudo leva a crer que pertence à vítima de feminicídio [Maria Carolina]. No ano passado havia grande quantidade de água no local, quando foi localizado o corpo. Desta vez, a água já tinha escoado e ajudou na localização do crânio”, explicou.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O marido da vítima, José Albert Menezes, de 24 anos, foi preso pela Polícia Civil dias depois da localização do corpo, em um hipermercado no mesmo bairro, onde trabalhava como repositor. Segundo a polícia, o homem confessou que matou a vítima, na época com 26 anos, com um mata-leão, e, durante a madrugada, jogou o corpo no bueiro.

O crime ocorreu no dia 18 de setembro, mas o corpo só foi localizado depois de mais de um mês, sem a cabeça. Um funcionário de uma empresa de gás abriu a tampa do bueiro e achou o cadáver em avançado estado de decomposição.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Após a localização do corpo, os policiais foram procurados pelos familiares de Maria Carolina, que residem em Aracaju (SE), informando sobre o desaparecimento da jovem, que tinha as mesmas caraterísticas da vítima.

O pai de Maria Carolina veio para Santa Bárbara d’Oeste após fazer uma vaquinha pela internet para arrecadar recursos e custear a viagem para realizar o reconhecimento . O translado do corpo e a passagem de volta foram custeados pela prefeitura.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Publicidade