17 de julho de 2024 Atualizado 21:00

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

FESTA DO MOLLON

Novo padre de paróquia do Mollon lidera celebração tradicional em Santa Bárbara

Paróco Claudio Cesar de Carvalho assume a condução da festa de São João Batista pela primeira vez

Por Ana Carolina Leal

14 de junho de 2024, às 10h34 • Última atualização em 14 de junho de 2024, às 10h59

Padre Claudio Cesar de Carvalho assumiu a paróquia em fevereiro deste ano - Foto: Marcelo Rocha/Liberal

Este será o primeiro ano que o padre Claudio Cesar de Carvalho estará à frente da Festa de São João Batista, no Mollon, em Santa Bárbara d’Oeste. Ele assumiu a paróquia em 8 de fevereiro deste ano, vindo de São Pedro.

Apesar de já ter prestigiado a quermesse em outras oportunidades, esta será sua primeira condução do evento. Em entrevista ao LIBERAL, o pároco falou sobre o significado religioso por trás da celebração, o papel do santo na tradição católica e a importância da festa.

📲 Entre no grupo de WhatsApp do LIBERAL com informações sobre quermesses em Americana e região

Qual o significado religioso e histórico por trás da celebração?
São João Batista é aquele que prepara o caminho para o Messias, o Salvador. Ele é primo de Jesus e abriu o caminho para a chegada de Jesus Cristo.

Qual é o papel do santo na tradição católica e na devoção popular?
Ele é um exemplo de que para Deus não existe o impossível. São João Batista é um exemplo de profeta e de convicção. Ninguém tirava da cabeça dele aquilo que ele tinha como meta. Ele nos ensina que a palavra “impossível” não existe diante da força de Deus. Ele é um exemplo de humildade, sempre dizendo “que a luz do mestre brilhe e que eu não apareça”. São João Batista é o santo da manifestação de Deus.

Quais são as práticas religiosas associadas à festa?
O Tríduo ocorre nos dias 21, 22 e 23 de junho, sendo três dias de preparação para celebrar São João Batista, no dia 24. Cada dia do Tríduo terá um tema específico e as missas serão celebradas na sexta e no sábado, às 19h30, e no domingo, às 18h30. No dia 24, após o Tríduo, haverá a procissão, seguida pela missa. A fogueira e o hasteamento do mastro de São João Batista serão na véspera, dia 23.

Existem tradições específicas de veneração durante a festa?
Sim, o bolo de São João Batista é comercializado antes da festa, abençoado e entregue no dia 22. Há uma oração específica para abençoar o bolo.

Qual a importância da festa?
A festa é fundamental para arrecadar fundos que nos permitem continuar as obras da paróquia. A renda obtida é revertida para a manutenção da matriz São João Batista e de mais três capelas: Comunidade São Mateus, São Lucas e São Francisco de Assis. A Festa de São João Batista é um momento de fé, celebração e união para a comunidade, além de ser uma oportunidade para fortalecer a estrutura da paróquia e suas capelas.

Publicidade