Motorista reage a tentativa de roubo e atropela assaltante

Um dos suspeitos tentou abrir a porta do veículo, momento em que a vítima acelerou e derrubou o motociclista


Vídeo:

Um motorista de 43 anos reagiu a um assalto a mão armada e atropelou um dos suspeitos que estava de moto na manhã desta terça-feira (09) no Jardim Europa, em Santa Bárbara d’Oeste. Um dos assaltantes foi preso, enquanto outro conseguiu fugir.

Ao LIBERAL, o motorista disse que não teve a intenção de atropelar o assaltante e que queria apenas deixar o local. Ele estava com a esposa e o pai dentro do carro.

Câmeras de vigilância da Rua Espanha flagraram a ação, que ocorreu às 11h43. É possível ver que o motorista estava dando ré para sair de uma vaga quando uma moto com dois ocupantes para do lado da janela do condutor. O homem dá ré e bate em um poste.

Em seguida, um dos assaltantes desce da moto com uma arma de fogo em mãos e tenta abrir a porta do veículo. Nesse momento, o motorista engata a primeira e atropela o outro assaltante que ainda estava na motocicleta. A vítima seguiu para a delegacia para avisar a polícia sobre o caso.

De acordo com o boletim de ocorrência, a PM (Polícia Militar) foi até o local e encontrou a moto, uma Honda GC preta, caída no meio da via. Populares avisaram os agentes que os suspeitos teriam entrado em uma casa da Rua Suécia.

Os policias foram até o endereço e constataram que os criminosos haviam pulado o muro para a casa vizinha, onde foi localizado um dos suspeitos. O cabeleireiro de 31 anos estava tentando trocar de roupa quando foi abordado. Um capacete, jaqueta preta e uma calça jeans foram apreendidas. O outro assaltante não foi localizado.

O cabeleireiro foi conduzido até a delegacia, foi reconhecido pela vítima e acabou preso por tentativa de roubo.

‘TINHA QUE IR PRA FRENTE’
O motorista disse ao LIBERAL que já estava com a ré engatada quando a dupla surgiu. Ele não percebeu que havia um poste atrás quando deu ré e bateu o veículo.

“Eu percebi que o assaltante estava com uma arma. Ele tentou abrir a porta do carro, na verdade chegou até abrir um pouco. Naquele momento eu já engatei a primeira e saí pra frente, né. Quando colidiu com a moto dele foi meio que sem querer. A intenção não era essa, mas não tinha o que fazer. Tava na frente, tinha que ir pra frente”, explicou o motorista.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora