02 de março de 2021 Atualizado 19:28

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Santa Bárbara

Morre o jornalista Ademar Zério

O nome de Zério batiza a sala de imprensa do Plenário Dr. Tancredo Neves, da Câmara de Santa Bárbara

Por Talita Bristotti

22 nov 2020 às 17:06 • Última atualização 23 nov 2020 às 10:20

Morreu na madrugada deste domingo (22), aos 82 anos, o jornalista e compositor Ademar Zério, de Santa Bárbara d’Oeste. Nascido em Americana em 1938, residia em Santa Bárbara desde 1964.

Ademar Zério – Foto: Reprodução

O nome de Zério batiza a sala de imprensa do Plenário Dr. Tancredo Neves, da Câmara de Santa Bárbara d’Oeste. O Legislativo decretou três dias de luto pela morte do jornalista e compositor.

Formado em pedagogia pela PUC-Campinas, ele também foi professor universitário da Unimep, da PUC-Campinas e da Unisal.

Atuou por três anos no jornal O Liberal e em 1968 fundou, junto com os amigos José Naidelice e João Carlos Silveira Campos, o “Edição Barbarense”, onde foi redator por duas décadas. Também chegou a fundar o “Jornal da Divisa”, que circulou por apenas quatro meses na Zona Leste de Santa Bárbara.

Zério faleceu às 2h20 deste domingo. Viúvo de Sueli Martins Zério, ele deixa os filhos: Mônica, Carla e Alex.

Ademar Zério residia na Vila Maria, em Santa Bárbara. O corpo dele foi velado no Berto Lira pela manhã e ele foi enterrado no Cemitério da Saudade, em Americana, no início da tarde.

Publicidade