Justiça arquiva inquérito sobre morte de peão

Cleiton Nascimento Mota, de Santa Bárbara, participava de um treinamento em Águas de Lindóia quando foi pisoteado por um touro


A Justiça de Águas de Lindóia arquivou o inquérito que investigava a morte do peão de rodeio Cleiton Nascimento Mota, de 21 anos, ocorrida em abril do ano passado.

Morador do bairro rural Santo Antonio do Sapezeiro, em Santa Bárbara d’Oeste, Cleiton participava de um treinamento em Águas de Lindóia quando foi pisoteado por um touro.

Duas pessoas que estavam no local no momento do acidente socorreram o jovem, primeiramente para um posto médico e depois para a Santa Casa local.

Foto: Facebook / Reprodução
Cleiton tinha 21 anos e morreu após ser pisoteado por touro

O arquivamento do caso ocorreu na semana passada. O encerramento foi pedido pelo promotor Rafael Beluci, com base no relatório final da Polícia Civil, entregue no início do mês passado, e os laudos periciais do local e do corpo da vítima.

Para o representante do Ministério Público, não há indícios suficientes da ocorrência de um crime, mesmo na modalidade culposa (quando não há intenção de matar).

“Não há nos autos elementos para se concluir que a morte foi provocada por terceiros, bem como alguém de alguma forma tenha contribuído para o evento, posto que há informes que a vítima utilizava equipamentos de segurança”, afirmou.

O pedido de arquivamento foi acolhido pela juíza Juliana Forster Fulfaro, com a ressalva de que o inquérito pode ser reaberto caso surjam novas provas.

Após a morte, a prefeitura realizou uma vistoria no local, que não tinha alvará para eventos de montaria.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora