20 de janeiro de 2021 Atualizado 19:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Marcha ré

Joalheria de Santa Bárbara é furtada um mês depois de ser alvo de roubo

Proprietários acreditam que o furto foi praticado pelo mesmo grupo que invadiu outro comércio do Centro dias atrás

Por Paula Nacasaki

07 jan 2021 às 10:17 • Última atualização 07 jan 2021 às 18:14

Pouco mais de um mês após ser alvo de um roubo, a Joalheria João do Ouro, localizada no Centro de Santa Bárbara d’Oeste, foi mais uma vez vítima de ação criminosa.

Na noite desta quarta-feira (6), o comércio, localizado na Rua XV de Novembro, foi invadido por um trio de ladrões e diversas joias foram levadas.

Joalheria foi alvo de um furto na noite desta quarta-feira – Foto: Paula Nacasaki / O Liberal

No furto , por volta de 23h40 desta quarta, três homens dentro de um carro deram marcha à ré e conseguiram arrebentar a porta do comércio, possibilitando acesso ao interior da loja.

O proprietário explicou ao LIBERAL que pelas imagens de segurança é possível ver que após o furto o trio não conseguiu retirar o carro pois o veículo ficou preso na estrutura da porta. Depois disso, eles fugiram a pé.

Preso na porta, o veículo foi removido na manhã desta quinta-feira. A estrutura da joalheria, no entanto, ficou danificada. O carro usado no crime havia sido furtado em Americana no dia 18 de dezembro.

O valor levado não foi divulgado. O caso foi registrado no Plantão Policial de Santa Bárbara como furto. Até a publicação desta reportagem, ninguém tinha sido preso.

No dia 2 de dezembro, a joalheria teve um prejuízo estimado de R$ 6 mil, quando um homem armado entrou no comércio, anunciou o roubo e ainda levou a aliança de uma cliente que estava na loja.

Preso na porta, o veículo foi removido na manhã desta quinta-feira – Foto: Paula Nacasaki / O Liberal

Gangue da marcha à ré

Os proprietários da joalheria acreditam que os assaltantes são os mesmos que dias atrás cometerem furto em uma outra joalheria na região central da cidade. Em ambos os casos os ladrões entraram no estabelecimento após forçarem a entrada com um carro em marcha a ré.

Os comerciantes cobram um maior patrulhamento policial. O proprietário do João do Ouro disse que há tempos cobra a prefeitura por reforço no patrulhamento no Centro. A Prefeitura de Santa Bárbara foi questionada e disse que se manifestaria em breve.

Publicidade