Homem tem cartão retido e quase perde R$ 2,3 mil

Desconhecido ofereceu o celular dizendo que havia ligado para a Central de Atendimento e a vítima passou todos os dados para o falso atendente


Um homem de 61 anos teve seu cartão retido em um caixa eletrônico de um banco em Santa Bárbara d’Oeste e quase teve um prejuízo de R$ 2.290 mil ao ser ‘ajudado’ por dois golpistas. O caso foi registrado na terça-feira (4), feriado de aniversário da cidade. A vítima conseguiu cancelar as transações e o dinheiro não foi descontado.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima foi até a agência do Banco do Brasil no Jardim Pérola por volta das 7h30. Ele tentou usar um dos caixas eletrônicos, mas a máquina reteve seu cartão e surgiu uma mensagem informando que o caixa estava inoperante.

Nesse momento, um desconhecido que estava na agência disse que ele deveria entrar em contato com a Central de Atendimento do Cliente imediatamente. O homem chegou a oferecer seu celular para a vítima usá-lo, mas recuou e disse que o aparelho estava sem bateria. Um segundo desconhecido então se aproximou e ofereceu o celular, entregando-o à vítima com a ligação para a suposta central já em andamento.

O homem acabou passando todos seus dados pessoais e do cartão ao falso atendente. Ao chegar em casa, ligou na central para confirmar o atendimento realizado anteriormente, e constatou que não havia nenhuma chamada aberta em seu nome. Ele suspeitou então que havia caído em um golpe. Ao puxar o extrato de sua conta corrente percebeu duas compras recentes que não reconhecia – uma no valor de R$ 300 e outra de R$ 1.990.

Ele ligou novamente à Central de Atendimento e conseguiu cancelar as duas transações, bloqueando os descontos. O caso foi registrado no Plantão Policial como furto qualificado e ninguém foi preso.

A reportagem procurou a assessoria de imprensa do Banco do Brasil, mas a instituição não comentou a tentativa de golpe.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!