Homem de 30 anos é preso por violência doméstica

Mulher tinha se mudado para a casa da mãe depois de pedir separação, mas na madrugada desta segunda o homem foi até o imóvel e a agrediu


Um tratorista de 30 anos foi preso na madrugada desta segunda-feira, em Santa Bárbara d’Oeste, após após invadir a casa da sogra e agredir a ex-mulher, de 23 anos, que tinha se mudado para a casa da mãe após pedir a separação.

De acordo com o boletim de ocorrência, o casal morava na Vila Linópolis, em Santa Bárbara d’Oeste. Após ser agredida durante uma discussão, há cerca de dois meses, a mulher pediu para o marido, com quem tem dois filhos, um de 3 e outro de 7 anos, sair de casa. O homem acatou o pedido mas, na semana passada, porém, o casal resolveu retomar a relação e o tratorista voltou para a casa.

No domingo, a mulher decidiu pelo fim do relacionamento e pediu novamente para o homem sair da residência. O tratorista se alterou e, em posse de duas facas, passou a ameaça-la de morte. Ela tentou ligar para a polícia, mas foi impedida por ele.

Porém, a mulher acredita que algum vizinho tenha ligado para o 190 ao ouvi-la gritar por socorro. Os policiais foram ao endereço, mas o homem negou as ameaças. O casal foi levado para o plantão da Polícia Civil, onde a mulher solicitou medidas protetivas. Ela foi então para a casa da mãe com os filhos, e o homem voltou para a casa.

Por volta da 2h15 desta segunda-feira, no entanto, armado com uma faca, o tratorista foi até a casa da sogra, que fica na Vila Bética, arrombou a porta e arrastou a mulher pelos cabelos para fora do imóvel. A Polícia Militar foi chamada e o homem foi levado para a delegacia, onde foi indiciado e ficou preso. O caso será encaminhado para a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora