Homem ameaça primo de morte e tenta agredir policiais em SB

O suspeito ainda disparou sua arma dentro da casa onde eles estavam, na Vila Brasil


Um taxista de 62 anos foi preso pela PM (Polícia Militar) depois de ter disparado uma arma dentro da própria casa e tentado agredir os policiais com um canivete na noite desde domingo, na Vila Brasil, em Santa Bárbara d’Oeste.

Foto: Polícia Militar/Divulgação
Arma e munição foram encontrados pela PM 

Segundo a Polícia Militar, um mecânico de 41 anos alegou ter sido ameaçado de morte pelo taxista, que é seu primo. Eles estavam em uma casa na Rua Pernambuco, quando houve os disparos, às 20h04. Na chegada dos policiais, o suspeito não estava mais no imóvel, mas foram encontradas 15 munições intactas e uma de festim em seu quarto.

Os policiais receberam a informação de que o taxista estaria na casa de sua enteada, no mesmo bairro. Lá, a mulher confirmou a presença do padrasto na residência. Disse ainda que ele chegou nervoso e entrou no quarto de seu irmão.

O suspeito foi encontrado dentro do imóvel e tentou ferir os agentes com um canivete, mas acabou sendo contido e algemado. No quarto do irmão, um taxista de 21 anos, a polícia achou uma pistola de calibre 380, com 13 munições intactas. Com isso, ele confessou que a arma era dele e também foi levado até a delegacia.

Ambos receberam voz de prisão e o taxista mais novo pagou fiança de R$ 1 mil e foi liberado. O responsável pelos disparos permaneceu preso.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora