29 de junho de 2022 Atualizado 18:50

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

RESPOSTA

Guarda e PM retiram quatro faixas com ameaças a quem empinar moto em SB

Avisos foram removidos no Romano, no Parque Residencial do Lago e no Vista Alegre, segundo a Polícia Militar

Por Rodrigo Alonso

05 de janeiro de 2022, às 17h01 • Última atualização em 05 de janeiro de 2022, às 18h22

A GCM (Guarda Civil Municipal), com apoio da PM (Polícia Militar), retirou nesta quarta-feira (5) quatro faixas com ameaças a quem empinar moto em Santa Bárbara d’Oeste.

Os agentes removeram uma no Conjunto Habitacional Roberto Romano, entre as ruas Padre Victório Fregulia e Jorge Juventino de Aguiar; outra no Parque Residencial do Lago, entre a Avenida Ruth Garrido Roque e a Rua João Martins; e duas no Vista Alegre, sendo uma entre a Avenida Lázaro Gonçalves de Oliveira e a Rua Tucanos e a outra entre Avenida Antônio Moraes Barros e a Rua do Amor.

Faixa que estava na Avenida Antônio Moraes Barros foi retirada – Foto: Claudeci Junior / O Liberal

As informações são da PM. Segundo os avisos, não se pode “chamar no grau”, que significa empinar moto, e nem “tirar de giro”, termo designado para a manobra que provoca a explosão do escapamento, barulho semelhante a uma arma de fogo.

Quem desrespeitar essa proibição está “sujeito a cacete”, de acordo com as faixas, que ainda dizem: “Se for pego roubando na quebrada, será cobrado à altura”.

A ação aconteceu por volta das 10h, no mesmo dia em que o LIBERAL publicou uma notícia sobre o assunto. Nesta terça, a reportagem havia encontrado duas faixas no Vista Alegre e uma no Romano – as três foram retiradas nesta quarta.

A PM classifica as faixas como “ofensivas e ameaçadoras”. A corporação comunicou que a retirada ocorreu sem imprevistos e que a GCM apresentou a ocorrência no 3º DP (Distrito Policial).

Nesta terça, junto a moradores, o LIBERAL apurou que ameaças como estas já haviam sido retiradas pela polícia e, depois, colocadas novamente. Procuradas pela reportagem, a PM e a Polícia Civil confirmaram que haviam removido faixas no Vista Alegre e no Romano em outras datas.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Moradores que pediram para não ser identificados disseram que os barulhos causados por motocicletas diminuíram desde a instalação dos avisos.

As faixas seguem o mesmo modelo daquelas que viraram notícia na capital e também em outras cidades, inclusive próximas, como Campinas. As exigências foram atribuídas ao PCC (Primeiro Comando da Capital). Na região, conforme o LIBERAL apurou, os avisos também teriam ligação com a facção.

Publicidade