Golpista dá sermão em vítima: ‘deveria ouvir a família’

Ajudante gastou R$ 10,1 mil em transferências bancárias e recargas após ouvir que ganhou R$ 10 mil em sorteio


Um estelionatário afirmou para a própria vítima que ele “deveria ouvir sua família” após lhe aplicar um golpe do bilhete premiado. O crime ocorreu na tarde última quinta-feira, dia 29, em Santa Bárbara d’Oeste e foi registrado na noite do dia seguinte, no Plantão Policial da cidade. O prejuízo foi de R$ 10,1 mil.

A pessoa lesada – um ajudante de 34 anos, morador do Conjunto dos Trabalhadores, na Zona Leste do município – recebeu uma ligação de um telefone com DDD 85 (da região de Fortaleza, no Ceará) informando que ele havia sido contemplado em um sorteio com um prêmio de R$ 10 mil. Para recebê-lo, no entanto, ele teria de fazer um depósito de R$ 1 mil.

Após confirmar o primeiro pagamento, e percebendo a facilidade em enganar o ajudante, o golpista convenceu a vítima a realizar outras cinco transferências bancárias para contas-correntes e poupanças em nomes de cinco pessoas diferentes. O ajudante fez, ainda, recargas em quatro celulares, todos registrados no estado nordestino. O valor total gasto por ele foi maior que o falso prêmio: R$ 10.149,88.

De acordo com o registro da ocorrência, a esposa da vítima teria tentado diversas vezes, ao longo da ligação, evitar o golpe, mas não foi atendida pelo marido. Após confirmar o recebimento do dinheiro nas contas indicadas, o golpista teria admitido o crime. “Você foi vitima de um golpe. Isso é para você aprender a ouvir sua família”, disse antes de desligar.

O caso foi registrado como estelionato e deve ser investigado pela polícia.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!