Fiéis realizam protesto contra transferência de padre em SB

A transferência do padre Rodrigo Simões Anholetto foi oficializada no dia 28 de novembro pelo bispo diocesano


Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Manifestação ocorreu na noite desta quarta

Um grupo de fiéis protestou na noite desta quarta-feira contra a saída do padre Rodrigo Simões Anholetto da Paróquia São Sebastião, em Santa Bárbara d’Oeste. A transferência foi oficializada no dia 28 de novembro pelo bispo diocesano Dom Fernando Mason, que escolheu o padre José Alves de Faria para assumir o posto em 2020.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp

O ato ocorreu por volta das 21h30 na frente da paróquia, localizada na Rua Itália, no Jardim Europa, após o término da missa celebrada por Rodrigo. Os fiéis estavam vestidos de branco, traziam bexigas da mesma cor e cartazes com pedidos para que o padre permanecesse na paróquia. Gritos de “fica, fica”, também foram proferidos.

Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal
Manifestação ocorreu na noite desta quarta

De acordo com o representante comercial Luiz Rossi, 62, o protesto foi organizado pela comunidade e não teve envolvimento do padre. A intenção é fazer com que o bispo mude de ideia.

Natural de Ribeirão Preto, padre Rodrigo, de 38 anos, assumiu como administrador paroquial em Santa Bárbara no dia 24 de agosto deste ano. Anteriormente, foi pároco da Paróquia São Francisco Xavier, de Piracicaba, e na Paróquia São Sebastião em Tambaú, na Diocese de São João da Boa Vista.

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

A assessoria de imprensa da Diocese de Piracicaba informou na noite de ontem que a presença do bispo na Paróquia São Sebastião era provisória e que a comunidade sabia que se tratava de período transitório. Foi reforçado que as transferências de presbitérios são de praxe por parte do bispo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora